quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Olivetto: A propaganda e a notícia

A unanimidade brasileira

Há vários brasileiros e brasileiras que são unanimidadenacional: Elis Regina, Antonio Cândido, Fernanda Montenegro, Sócrates, Nelson Freire, Chico Buarque, Milton Nascimento, Adib Jatene e tantos outros…

No mundo da publicidade e da simpatia, nossa unanimidade chama-se Washington Olivetto.
Leio tudo que sai publicado sobre ele. Comprei o livro de Fernando Moraes sobre a vida de Olivetto e vivo pesquisando matérias sobre seu jeito de ver as coisas como, por exemplo, não fazer campanha política. Bingo! Já é um bom sinal.

Esta semana, apesar da resistência em continuar lendo o Estadão, como olho com mais atenção os cadernos de Economia e o Caderno2, no meio do Caderno de Economia achei uma página de propaganda que valia mais do que todo o caderno de notícias.

Era uma notícia como propaganda. A foto não era a melhor, nem as letras brancas sobre o fundo preto ajudavam. Parecia anti-propaganda, mas como era a foto de Olivetto e o assunto era mais um prêmio de Olivetto, li o texto todo.

Washington Olivetto: o primeiro NÃO anglo-saxão no "The One Club Hall of Fame".

Ao receber a noticia de que tinha sido eleito para o Hall of Fame, Washington Olivetto foi também questionado se existia alguma coisa que lhe faltava fazer. Sem pestanejar, respondeu:

"Uma nova campanha brilhante amanhã cedo"

Este é o nosso Olivetto. Sempre prestativo!

Como em 2014, pela primeira vez tivemos um latino americano eleito presidente mundial da maior central sindical internacional, a CSI, que foi o representante da CUT e do Brasil, João Felício, ficamos contentes em ver que na OMC, na ONU e em tantos outros foruns internacionais estamos aumentando a presença de brasileiros ilustres.

O Brasil está melhorando muito, o mundo está cada vez mais globalizado e a Terra, cada vez mais, é a nossa Pátria. Apesar das guerras, do terrorismo e da intolerância…

Ainda bem que temos pessoas como Washington Olivetto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário