segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Ressaca conjuntural

Muito trabalho e sensação de cansaço

A impressão que temos é que a vida está no "ponto morto", isto é, caminhamos sem saber para onde estamos indo. E, embora trabalhemos muito, a sensação é de pouco resultado.

Depois de horas no trânsito, um dia cheio de atividades, voltamos para casa e, quando vemos o noticiário, parece que pouca coisa mudou. Notícias de violências, agressões, corrupções, futebol mais ou menos e contas para pagar. Nem parece que estamos chegando no Natal. Até as decorações deste ano são mais tímidas.

Como recuperar a alegria e a motivação?
Como torcer para o Bahia se o time, além de não ganhar, joga de uma forma que não convence? O Corinthians ganha por que a tabela exige, mas em seguida perde ou empata.

Como se animar com os jornais, se o noticiário está cheio de notícias ruins?
Como descobrir uma nova forma de se fazer política?
Como fazer a economia voltar a ter vida, mais empregos e melhores salários?

Como voltar a se animar com nossa cidade?
Como suportar tanto trânsito?
Como comer fora durante a semana sem gastar tanto?

Na segunda-feira, o dia é mais para perguntas do que para respostas...

Um comentário:

  1. hora de tirar uns dias de férias, Gilmar. pegar uma praia. ou passear na montanha. revigora a alma.

    ResponderExcluir