sexta-feira, 28 de novembro de 2014

OSESP: Fim de um ciclo

No último dia da assinatura, não fomos

Uma pena!

Depois de muitos anos como assinante da OSESP - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, decidimos não renovar a assinatura para 2015 por vários motivos. Hoje seria o último dia como assinante. Depois de muito trânsito, cheguei em casa para preparar-me para ir assistir ao concerto e à aula preliminar, além de um bom jantar. Entre ficar com a filha e ir ao concerto, preferimos ficar com a filha. Foi um adeus melancólico.

Passamos a ser assinante da OSESP para ter certeza de que quando Nelson Freire fosse apresentar-se nós teríamos ingressos. Depois Nelson passou a rarear, mas tinha Menezes com seu violoncelo. Durante anos as coisas foram mudando e fomos ficando desmotivados. Somos mais de formação européia clássica do que americana.

Resolvemos parar de assinar e nos tornar avulsos. Mesmo perdendo alguns dias importantes. Talvez uma dia eu volte a ser assinante, mas ando pensando em alternativas. O mundo está demandando mudanças. E o Brasil também.

Talvez a ida a shows como o de Paul McCartiney também seja uma das alternativas. Os velhos também precisam de novos sonhos e novas esperanças.

Feliz Ano Novo, OSESP!

Nenhum comentário:

Postar um comentário