domingo, 16 de novembro de 2014

Domingo com sol e jornais

Antigamente os jornais traziam cultura

Hoje, os jornais trazem ódio e desconfiança.

Aos domingos costumávamos levar nossa filha para a Usp ou o Instituto Butantã. Lá, forrávamos o chão com um pano para nossa filha brincar e arranjávamos tempo para, aos poucos ir lendo o jornal. Ler jornal fazia parte da complementação das informações e da cultura, afinal, eram tempos de redemocratizacao do Brasil. 

Nos domingos atuais, depois da caminhada no Parque Villa Lobos, sentamos para ler os jornais e ficamos entediados com o que vemos. Os jornais se transformaram em panfletos contra o governo federal e contra o PT... Os jornais perderam sua missão de complementar a formação educativa e social dos leitores. 

Hoje, depois de olhar todo o Estadão e a Folha, fiquei com vontade de cancelar as assinaturas dos dois. Sinto-me agredido por ambos, sinto que estou pagando para ser ofendido. Sinto que, como assinante, estou passando a impressão que concordo com as imbecilidades conservadoras que eles escrevem e reproduzem.

Mas, como parar de ler jornais? E os cadernos culturais e de esportes? Ficar dependendo somente da internet? Fazer leituras tipo Fast food? Este é o mundo moderno?

Por ironia, sobre à mesa de leitura está a Folha Ilustrada de ontem, sábado, com a capa falando do novo livro de Chico Buarque. Ao lado do vaso com flores, está o novo livro de Chico, "O irmão alemão". Comprado ontem à noite no Espaço Cultural Itau da Augusta, quando fomos assistir ao filme argentino, "Relatos Selvagens". 

Não consegui ler os dois jornais de hoje, domingo, mas consegui ler o caderno da Folha de ontem sobre o livro de Chico. Se eu parar de assinar os jornais, como vou saber das histórias da família de Chico? Mas, por que diabo os progressistas não lançam um jornal que preste no Brasil? Será que vamos ter que importar uma editora decente para fazer jornais decentes no Brasil? 

Antigamente os jornais traziam cultura, principalmente dos domingos...
Atualmente, os jornais trazem ódio, propostas de golpes civis e militares, trazem medo, desconfiança, falsas verdades e verdadeiras mentiras.

Será que vamos ter que deixar de ler jornais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário