quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O Bahia saiu da Zona

E a Zona do São Paulo reflete no time

A Vida, a Arte e o Futebol. Um imita o outro.

O Brasil vive uma zona chamada eleições gerais para presidente, governadores, deputados e senadores. É baixaria generalizada, todo mundo acusando todo mundo, imprensa mentindo, imprensa informando (quando quer), Justiça injustiçando e o povo ficando de saco cheio...

Futebol no Brasileirão

1 - Baianos no Rebaixamento.

Enquanto não passa o período eleitoral, todos os dias eu olho a tabela de futebol do Brasileirão e, com tristeza, sempre via lá em baixo, no fim da tabela, na ZONA DE REBAIXAMENTO estavam os dois times baianos: O Bahia e o Vitória. Que vergonha!

Eu, baiano morando em São Paulo há mais de 40 anos, continuo torcendo para o Bahia. Cresci andando atrás do Trio Elétrico e cantando o glorioso Hino do Bahia. Aqui em São Paulo sou corinthiano, mas o Bahia a gente não se esquece. O Vitória equivale ao São Paulo daqui. Mas também está na zona de rebaixamento.

Hoje cedo, quando olhei os jornais, não acreditei: O Bahia não estava mais na Zona de Rebaixamento! E o Vitória? Mesmo também ganhando o jogo de ontem, ainda continua na zona. Alguém precisa fazer alguma coisa pelos times baianos. Rebaixarem os dois times mais importantes não pode. Pelo menos um precisa ficar na primeira divisão. Torço para que sejam os dois, mas se tiver que ficar um, que seja nosso querido Bahia. Hoje, o Bahia saiu da Zona de Rebaixamento!

2 - A zona do São Paulo reflete no futebol do time

Domingo assisti a boa parte do jogo São Paulo e Cruzeiro, além de vir acompanhando o crescimento do futebol do São Paulo. De repente, o presidente atual do clube resolve dar uma entrevista maluca, briga com o padrinho, cria uma Zona no Clube e, o futebol do São Paulo, que até derrotou bem o time do Cruzeiro, leva uma virada besta e perde de 3 a 1 na noite de ontem.

Perderam por que jogaram mal ou por que "facilitaram" o jogo?
Se tem uma coisa que precisa ser modernizada e profissionalizada é a estrutura do esporte nacional. Empresários politiqueiros, lavadores de dinheiro, mancomunados com torcidas organizadas que parecem quadrilhas, sonegadores de impostos e contrabandistas de jogadores.

É um caso de intervenção da Polícia Federal, do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União.
Não podemos deixar o bom futebol do São Paulo ser contaminado pela zona sua diretoria do clube.

P.S.:
E aquele abraço para os meninos do Vôlei e o técnico Bernardinho.
Bela vitória sobre os russos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário