terça-feira, 30 de setembro de 2014

Um bom motivo para eleger Dilma

Vamos decidir no primeiro turno.

Denúncia de Invasão de Privacidade
Ontem, quando cheguei em casa tinha uma correspondência sem identificação do remetente e com o carimbo dos Correios. Achei estranho, mas, como poderia ser alguma conta a pagar, peguei o envelope e fui ver o que tinha dentro.

Para minha surpresa, no envelope tinha um pacote de santinhos de candidatos e duas páginas de propaganda de Alckmin, Serra, Marco Feliciano e Gilson de Souza. Um texto é ruim, pesado e os santinhos do DEM (direita raivosa) e PSDB. Parece que este tal Feliciano é aquele pastor reacionário.

Fiquei pensando:
Como eles conseguiram meu endereço? 
Como eles falam em "defesa da família brasileira"
se invadem nossa privacidade sem pedir autorização?

Lembrei-me também que o jornal Estadão tinha feito um escândalo dizendo que o PT estava usando os Correios para enviar propaganda eleitoral sem identificação do remetente. Quer dizer que o PT não pode, mas o PSDB e DEM podem enviar correspondência invasiva? Que vergonha! Que tristeza! São por coisas como esta que faz o  povo ficar cansado com esta campanha eleitoral. Tanta baixaria...

Hoje, quando li os jornais, fiquei mais assustado ainda. No Caderno Ilustrada da Folha, Mônica Bergamo noticia que Alckmin está produzindo 50 MILHÕES DE SANTINHOS com dobradinha com Marina e mais 70 MILHÕES DE SANTINHOS com dobradinha com Aécio. Pelo jeito este pessoal tem dinheiro sobrando para jogar fora pelo bueiro.

Já pensaram? São mais 120 milhões de santinhos invadindo nossas casas sem nossa autorização? Este material todo pode até entupir os bueiros das ruas, já que não chove e as ruas ficarão cheias de papeis e santinhos. Que calamidade!

E pensar que até domingo, día 05 de outubro, viveremos este inferno pré-eleitoral!
Se não bastassem os jornais, rádios e TVs, agora temos que suportar os santinhos...

Este é um dos motivos que me faz votar em Dilma já no primeiro turno. 
Nas pesquisas de hoje Dilma já aparece com 16% de vantagem sobre Marina.
Para que ter segundo turno se podemos decidir já no primeiro?

Vamos votar na mulher do Coração Valente.
Vamos votar em Dilma Presidente.
Agora todo mundo é 13. 

Dilma, o Povo e as Flores

Rouca, cansada e nos braços do povo
O povo está com Dilma!

Esta é a imagem de Dilma no final desta segunda-feira, 29 de setembro. Ao lado de Lula e de mais de dez mil pessoas, Dilma esteve no Campo Limpo, em São Paulo, onde ouviu o povo cantar o hino da mulher do coração valente.

Hoje, lendo os jornais, a sensação é que todos os jornalistas reconhecem que Dilma vai ganhar a eleição e vai continuar presidente do Brasil. A única dúvida dos jornalistas é se tem segundo turno ou não. O Povo está demonstrando que Dilma vence já no primeiro turno. O Povo já está cansado da baixaria eleitoral e quer definir neste domingo, dia 5 de outubro. 

O Brasil está Dilmando. Agora só falta você!
Você e cada um dos seus colegas de trabalho, de escola, seus parentes e amigos, se cada um também concordar que Dilma vai vencer tanto no primeiro como no segundo turno, então, vamos simplificar as coisas e vamos votar em Dilma já no primeiro turno. Vamos concluir esta eleição.

Até os especuladores da Bolsa de Valores e os banqueiros já reconheceram a vitória de Dilma. Vamos ajudar o Brasil. Vamos continuar trabalhando para todos os brasileiros. Vamos votar na mulher do coração valente. Dilma presidente.

Para ajudar Dilma a recuperar as boas energias, vou mostrar duas fotos dos pés de Jasmim no Parque Villa Lobos. São de domingo, depois da chuva.

Vejam que charme!


Flores grandes e folhas fortes. Diferentes do que temos em casa.

Vejam quantas flores! Tudo isto em um parque publico.


Dilma, descanse um pouco, prepare-se para o debate na Globo e vamos nos preparar para a grande festa no domingo à noite. A festa do povo brasileiro! O Brasil valoriza quem trabalha e pensa no povo. O Brasil precisa de você! Vamos continuar mudando o Brasil! Mudando para melhor e para todos.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Pesquisa CNT: Dilma caminha para vitória neste domingo

A cada pesquisa mais números favoráveis a Dilma

São 15 pontos de vantagem no primeiro turno 
e 9 pontos de vantagem no segundo.

Se Dilma ganha tanto no primeiro, como no segundo turnos, 
para que gastar dinheiro e paciência do povo brasileiro 
com mais um mês de tortura eleitoral?  

Vamos decidir já no primeiro turno: 
Dilma presidente!
Viva a mulher do Coração Valente!

Vejam as informações do jornal Valor nesta tarde.

Nova Pesquisa CNT/MDA:
Dilma amplia vantagem sobre Marina
para 9 pontos no segundo turno.

Por Bruno Peres | Valor - 29/09/2014 às 17h29

A presidente Dilma Rousseff (PT) registra 47,7% das intenções de voto em um eventual segundo turno com a ex-senadora Marina Silva (PSB), que apareceu com 38,7% na mais recente pesquisa realizada pelo instituto MDA sob encomenda da Confederação Nacional do Transporte (CNT).
A sondagem foi divulgada nesta segunda-feira.
No levantamento anterior, que veio a público na semana passada, Dilma tinha 42% e Marina tinha 41%. Dilma teria 49,1% num segundo turno contra o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, o qual alcançaria 36,8%. Numa eventual disputa com Marina Silva num segundo turno, o tucano teria 36,0% e a ex-senadora 41,1%.
Na pesquisa estimulada de primeiro turno, 
Dilma teria 40,4%, ante 25,2% de Marina e 19,8% de Aécio.
Pontuaram ainda os candidatos Luciana Genro (PSOL), com 1,2% e Pastor Everaldo (PSC), com 0,6%. Os demais candidatos somaram 0,5%.




O Brasil está "Dilmando". Agora é 13

Na dúvida, vote 13

O povo brasileiro está cansado da baixaria nesta campanha eleitoral. 
A imprensa também joga sujo nesta campanha, em vez de ajudar a esclarecer as propostas dos candidatos. A imprensa funciona como panfletos dos candidatos contra Dilma. A imprensa tenta enganar o povo brasileiro. Mas, o povo não é bobo e está declarando seu voto em Dilma. Agora todo mundo é 13.

Vamos decidir esta eleição já neste domingo. 
Dia 05 de outubro vote 13 e vamos ganhar no primeiro turno. Chega de baixaria, chega de calúnias e difamações. Vamos votar em Dilma para presidente. A mulher do Coração Valente.

Marina mente!
Ontem, em mais um debate, ficou claro que Marina, além de mudar de opinião toda hora, Marina também mente. Que coisa feia para uma pessoa que frequenta Igreja! Marina mentiu em relação à votação do CPMF.

Aécio corre contra Marina. Vai dar tempo?
Aécio está atirando para todos os lados para ver se consegue passar Marina. Acontece que FHC e seus colegas do PSDB orientaram o voto em Marina, como forma de voltar ao governo, e agora estão percebendo que Marina é uma canoa furada. Mas não sabem se há tempo suficiente para ultrapassar Marina e disputar o segundo turno com Dilma.

Na dúvida, não perca tempo, vote 13.
Vote na mulher do coração valente.
Dilma presidente!

P.S.:
1 - O Ministério da Saúde adverte: Baixaria eleitoral, noticias falsas, jornais mentirosos e comentaristas que defendem candidatos sem assumir, tudo isto faz mal a saúde.

 2 - Para o Brasil continuar para todos os brasileiros, vote em Dilma, vote 13.

3 - A verdade nos libertará!

domingo, 28 de setembro de 2014

Eleições: Semana de muito trabalho e cuidados

A baixaria da oposição vai aumentar

A imprensa vai baixar o nível da campanha eleitoral ainda mais. Todo cuidado é pouco. Todos os militantes precisam tomar muito cuidado até o final do dia 05 de outubro. Só podemos descansar e comemorar quando a Justiça Eleitoral reconhecer que Dilma venceu no primeiro turno. Isto vai acontecer: Venceremos no primeiro turno. 

Se vocês estão assustados com a baixaria da imprensa até agora, vocês ainda não viram nada. Vai ser uma semana infernal, com os jornais, rádios e TVs reproduzindo denúncias sem provas, declarações sem autoria conhecida e atos de violência. Vai ser um clima de insegurança e terrorismo. A imprensa vai tentar implantar o medo, para o povo não ir votar. 

Enquanto a militância que apoia Dilma vai percorrendo o Brasil pedindo ao povo para votar em Dilma já no primeiro turno, a imprensa tenta fazer a campanha negativa. Mais do que ficar lendo jornais ou ouvindo noticiário negativo, os militantes devem intensificar o trabalho e os cuidados.

Os representantes do PT e de Dilma devem tomar cuidado com as "entrevistas".  A imprensa vai ficar estimulando as pessoas a falarem durante horas para depois "editar" as declarações, mostrando só os pontos fracos e as incertezas, tentando implantar o desestímulo na nossa militância. Mesmo os prefeitos e governadores devem tomar cuidado com a "imprensa marrom" que temos no Brasil. Todo cuidado é pouco.

Os banqueiros e especuladores farão de tudo para impedir a vitória de Dilma no primeiro turno.
A imprensa, articulada com os esquemas de FHC e os americanos, fará de tudo para forçar um segundo turno. Mesmo com os órgãos do governo precisamos garantir a neutralidade e a lisura. Vai aparecer gente se declarando descontente com o governo e se dizendo representante de servidores federais. É o vale tudo da oposição.

"O sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão."

A militância precisa ter firmeza e trabalhar dia e noite.
É na reta final que a militância faz a diferença.

Marina está despencando, Aécio pressiona para subir
E Dilma está chegando na vitória no primeiro turno.

Cada voto a mais para Dilma aumenta nossa chance
A prioridade é pedir mais votos para Dilma.
Vamos eleger a mulher do Coração Valente.

Flores para Dilma

Mesmo na guerra eleitoral, é preciso lembrar das flores

Acordamos cedo para fazer nossa caminhada e, quando peguei os jornais, só vi matérias contra Dilma e o PT. Olhei com calma e fiquei pensando: 

Pintou o desespero no pessoal que é contra Dilma. Está semana vai ser só pancadaria. Vão fazer de tudo para Dilma não ganhar no primeiro turno. Vamos ter que trabalhar muito e manter a serenidade. Não perder a ternura nem desesperar jamais..

Abri as persianas da sala e, para nossa alegria, as flores depois da chuva estavam radiantes.

As lágrimas de Cristo que só renascem com as chuvas e a Primavera, estão brotando e já começaram a aparecer as flores.

Vejam que coisa divina...


É o ciclo da vida... 
Agora teremos flores durante muitos meses.

Já as mariazinhas, dão flores o ano todo.
São como Dilma, gostam de trabalhar e fazer as pessoas felizes.
As mariazinhas também têm o Coração Valente.
Com sol ou com chuva, estão sempre florindo.
Vejam as flores desta manhã de domingo.


E para dar sorte, junto com as mariazinhas, tem o nosso pé de romã. Milenar...

Dilma, estas flores são em sua homenagem e 
para motivar nossa militância durante toda está semana.

Vamos trabalhar para eleger a mulher do Coração Valente.
Dilma presidente!
É 13.

sábado, 27 de setembro de 2014

Datafolha: Dilma abre 13 pontos sobre Marina

Folha e Estadão mostram Dilma ganhando 

Vamos trabalhar para ganhar no primeiro turno!
Está campanha eleitoral já cansou todo mundo.
Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje.
Vamos eleger Dilma no primeiro turno.

Vejam as fotos dos jornais:

Uma capa da Folha para não se esquecer!



Está capa da Folha merece uma moldura.
Agora a Folha reconhece que Dilma está ganhando.
Antes tarde do que nunca.

Vejam também o Estadão:



Lá em casa todo mundo é 13.
No trabalho, todo mundo é 13.

Todos votam na mulher do coração valente.
Dilma presidente!

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Datafolha: Dilma amplia vantagem

13 pontos a mais no primeiro turno!

Obrigado, Datafolha, 40 a 27 é um ótimo resultado.

Todos nós estávamos esperando o momento em que o principal instituto de pesquisa do Brasil reconheceria a vantagem de Dilma, tanto no primeiro como no segundo turno.

Ver a vantagem de 13 pontos no primeiro, o mesmo do Vox Populi foi muito bom. Dilma é 13! E o gráfico do crescimento no segundo turno também está bom. 

Se o povo brasileiro continuar apoiando Dilma, ganhamos já no primeiro turno. Temos uma semana para eleger Dilma no primeiro turno. Temos tempo para isto. O importante é resolver logo e acabar com esta chatice de guerra eleitoral. O povo não aguenta mais...

Pena que não vi o Bonner dando a notícia no Jornal Nacional da Globo. Vou ver se consigo no Youtube. Mas ver a Folha dar a notícia já me enche de alegria. Estou agradecido à Folha e ao Datafolha. Democracia é melhor assim. A verdade ajuda a todos.

Vejam os dados do Datafolha. O Brasil está de parabéns.

Dilma dobra vantagem
e está à frente de Marina no 2º turno,
diz Datafolha

UOL - RICARDO MENDONÇA - DE SÃO PAULO - 26/09/2014  19h21

A presidente Dilma Rousseff (PT) dobrou sua vantagem na pesquisa Datafolha de primeiro turno da eleição presidencial e, pela primeira vez na série do instituto, aparece quatro pontos a frente de Marina Silva (PSB) na simulação de segundo turno.

Se a eleição fosse hoje, a petista terminaria a primeira etapa da disputa com 40% dos votos totais, agora 13 pontos a frente de Marina, que alcança 27%. Na pesquisa da semana passada, a dianteira de Dilma era de 7 pontos.

Em relação ao levantamento anterior, Dilma avançou três pontos percentuais (de 37% para 40%), Marina variou três para baixo (30% para 27%), e o senador tucano Aécio Neves oscilou um para cima (17% para 18%).

No teste de segundo turno mais provável, o Datafolha mostra Dilma com 47% contra 43% de Marina.
A tendência de crescimento das intenções de voto em Dilma fica mais evidente olhando para a série mais longa do instituto. No fim de agosto, ela tinha 34%. Foi oscilando para cima seguidamente até atingir os atuais 40%.

É um empate técnico no limite máximo da margem de erro da pesquisa, de dois pontos para mais ou para menos. Mas é também a primeira vez que Dilma surge numericamente a frente da pessebista nesse tipo de simulação. Na semana passada, o placar era 46% a 44% para Marina. No fim de agosto, a ex-ministra do Meio Ambiente tinha dez pontos de vantagem sobre Dilma (50% a 40%).

O Datafolha ouviu 11.474 pessoas em 402 municípios. O registro no TSE (tribunal Superior Eleitoral) é BR-00782/2014. 


Dilma 38% e Marina 25%?

Vox Populi registra 13% de vantagem para Dilma

Dilma vai ganhar!

Quero ver o Datafolha fazer magia com os números de sua pesquisa de hoje. Quero ver a Folha esconder que Dilma está na frente em todas as pesquisas. Podem até mostrar "empate técnico", mas não podem mostrar Dilma com menos pontos que Marina. Manipular matérias e informações nós até já estamos acostumados, mas manipular números de pesquisa pode levar o jornal ao ridículo.

O povo já decidiu que quer Dilma na presidência. 
Agora é aumentar a vantagem em todo o Brasil para que a eleição seja definida no primeiro turno. Se Marina continua caindo e Aécio parou de crescer, logo, os votos que abandonam Marina migram para Dilma. A mais preparada, a mulher do coração valente, que não tem medo de banqueiros nem de especuladores. Muito menos de candidata que muda de opinião todo dia.

O povo quer segurança, o povo quer emprego, trabalho, moradia, saúde e educação. O povo quer viver mais e melhor, como Dilma e Lula estão fazendo. Na reta final, nesta última semana de campanha o povo está decidido a votar em Dilma. Sempre foi assim, na semana que antecede a votação os candidatos do PT sempre crescem e aparecem nas urnas.

O Vox Populi deu 13% de vantagem!
Vote 13. Vote Dilma!
Viva a mulher do Coração Valente!
Viva Dilma presidente!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Jornal Valor faz campanha eleitoral

Imprensa tenta impedir vitória de Dilma

Como já não conseguem segurar os resultados das pesquisas eleitorais, agora os jornais estão produzindo matérias contra Dilma e o PT. 

Até o jornal Valor, que era o mais cuidadoso, perdeu o pudor e agora faz campanha aberta. Uma vergonha. 

Vejam o jornal de hoje.
 Depois de promoverem os erros dos funcionários do IBGE, agora promovem documento elaborado por funcionários da Aneel contra o governo Dilma. Desde quando funcionário manda mais do que governo? 

Olhem a foto:


Não adianta a imprensa continuar a baixaria. 
O Povo já escolheu a mulher do Coração Valente.
Dilma presidente!

Vamos vencer já no primeiro turno.
A verdade nos libertará!

Folha denuncia Steinbruch da Fiesp

Quem manipula quem?
Quando a imprensa publicou que o presidente da Fiesp e dono da CSN, Benjamin Steinbruch, tinha dito que “o desemprego batia à porta”, eu já achei estranho.
No dia 23, terça-feira desta semana, a Folha publicou um artigo assinado por Steinbruch com o mesmo título, embora o tema central fosse muito mais amplo e a palavra chave fosse Competitividade. Como respeito muito Benjamin, publiquei o artigo com minhas considerações e perguntando? “Quem manipula quem?”, eleitoralmente.
Como se fosse resposta ao meu questionamento, a Folha publicou ontem um longo artigo divulgando que Steibruch declarava elogios a Marina como uma “boa opção de voto”.
Mas no mesmo artigo, a Folha INFORMA que Steinbruch foi autuado pela Receita Federal (do governo Dilma) em 4 bilhões de reais por ter deixado de recolher os impostos devidos na venda de uma mineradora em 2008. (vide abaixo). INFORMA também que Steinbruch ganhou a concessão para construir uma grande ferrovia mas está muito atrasada e recebeu reclamações de Dilma.
Porque a Folha informou (a DENÚNCIA) contra Steinbruch?
Ficou parecendo que ele mudou de voto porque espera ter beneficios de um novo governo. Será que Marina, além de proteger banqueiros e especuladores, vai proteger quem está sendo autuado pela Receita Federal?
Hoje o jornal O Globo vem com a notícia de que Benjamin apoia Marina, mas não cita as denúncias da Folha.
Como não existe almoço de graça, cada vez mais se compreende o porque tem tantos empresários fazendo campanha para Marina. E assim eu entendo porque o povo está cada vez mais com Dilma. Dilma está com o povo. Dilma tem lado.
Sobre a relação entre a Fiesp, Streinbruch e a Folha, eu acho que a Folha “armou” para cima de Steinbruch. Entre a Folha e Steinbruch, sou mais Streinbruch. A Folha já tem mais tradição em transformer fatos em versoes.
Cada vez mais eu acho que os empresários deveriam tomar mais cuidado ao falar com a imprensa e falar em publico. Depois não adianta tentar negar o que já foi dito ou escrito. De vai e vém, basta a confusão de Marina. Afinal, eleições faz parte da Democracia e do aprendizado democrático, não é para semear discórdia e mentira.
Vejam os principais pontos da materia da Folha de ontem.
Presidente da Fiesp diz que Marina é 'boa opção para o Brasil'
Folha – 24/09/2014
Em entrevista ao SBT, Steinbruch afirma que Dilma é centralizadora e fechada em si mesma
O empresário Benjamin Steinbruch, presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), considera a candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, "uma boa opção para o Brasil andar para a frente."
As opiniões de Steinbruch foram manifestadas em entrevista ao SBT que foi ao ar nesta terça-feira (23).
Foi a segunda manifestação de um empresário de peso favorável a Marina em menos de um mês. O primeiro foi o banqueiro Roberto Setubal, que disse ver "com naturalidade" a eleição de Marina, durante a festa de 90 anos do Itaú Unibanco.
Dono da siderúrgica CSN e colunista da Folha, Steinbruch fez várias críticas ao governo durante a entrevista. Disse que a gestão petista gasta dinheiro de forma desordenada, vai mal na condução da economia e não tem política industrial.
Steinbruch disse também que o país está à beira de uma recessão, com desemprego crescente, e criticou a atuação da Receita Federal, que na sua visão aplicaria autuações desproporcionais às empresas.
ATRITOS
O empresário discute com o fisco uma autuação de R$ 4 bilhões aplicada à CSN, por supostamente ter deixado de pagar impostos sobre os ganhos na venda de parte de uma mineradora em 2008. A siderúrgica recorreu.
Steinbruch e Dilma já tiveram atritos por causa da Transnordestina, ferrovia de 1.700 quilômetros projetada para começar no sertão do Piauí e cortar três Estados até chegar ao litoral de Ceará e Pernambuco.

Dona da concessão, a CSN atrasou a obra e irritou Dilma, que enxergava na demora uma tentativa de pressionar o governo a rever pontos do contrato. No ano passado, o governo fez concessões e a operação ficou mais parecida com o que a CSN pedia.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Agora a maioria é Dilma

A imprensa finalmente reconheceu

Os jornalistas já reconhecem a vitória de Dilma.
As pesquisas estão confirmando. Os jornais também…

Só estão faltando a Folha e a Globo.
Vai chegar a hora que eles não poderão mais esconder.
A Folha e o Bonner vão ter que mostrar os números.

Dilma na frente no primeiro turno.
Dilma na frente no segundo turno.
Aécio podendo ultrapassar Marina no primeiro turno.

Na imprensa, ninguém está entendendo nada.
Estão parecendo baratas tontas.
Até os jornalistas mais raivosos já reconhecem

A grande vitória de Dilma presidente.
Esta mulher tem realmente um Coração Valente!

Nesta quinta-feira vai ter Datafolha?
Vão deixar para sexta-feira?
Eu também quero saber quais são os números do Datafolha!

Querem saber os nossos números?
13% de vantagem no primeiro turno
e 6% de vantagem no segundo turno.

Se é para dar 13 de vantagem,
Vamos definir esta eleição no primeiro turno?
É só Dilma chegar nos 45%.

O Brasil ficará aliviado,
O povo terá mais lazer no rádio e na TV
E todo mundo economizará o suado dinheirinho.

Dilma, nós gostamos de você!
A mulher do coração valente.

Pesquisas confirmam Dilma

Só falta o Datafolha reconhecer

Dilma vai ganhar, tanto no primeiro turno, como no segundo.
Marina, mesmo mudando de opinião sobre tudo, poderá ficar em segundo lugar. Aécio pode surpreender na reta final e passar Marina. Seria a maior vitória dele.


Foram três grandes pesquisas. Duas deram vitória dupla de Dilma
e uma deu um empate numérico, só para contrariar.
Não dá mais para segurar: Dilma está ganhando!
Por isto que estamos fazendo a campanha:
Vamos ganhar já no primeiro turno!
Vamos economizar tempo, dinheiro e material de campanha.
Ninguém aguenta mais tanta baixaria!

A imprensa  transformou esta eleição numa guerra total contra Dilma.
Mas a imprensa está perdendo. Vejam as pesquisas.
E como está ficando difícil esconder as pesquisas,
a imprensa agora está intensificando as matérias contra Dilma.


Vejam a Folha de hoje. É carga pesada contra Dilma e o PT.
Pintou o desespero na Folha.
Deixou as pesquisas para segundo plano.
Quero ver a nova pesquisa do Datafolha.
Vai dizer o que? Vai deixar de mostrar?

Até o jornal Valor já ficou mais maneiro,
isto é, continua apoiando Marina,
mas de forma mais moderada.
Como diz a propaganda:
Beba com moderação.

A voz do povo é a voz de Deus
e o povo já decidiu:
Quer que Dilma continue no governo.
O povo quer a mulher do Coração Valente.
O povo quer Dilma presidente!

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Pesquisas: 41%?

Só se for no primeiro turno

O Ibope mostrar Dilma e Marina empatadas no segundo turno é uma piada!

Dilma já está na margem de segurança na frente de Marina no segundo turno e já passa de 10 pontos de frente no primeiro turno.

Quero ver o Datafolha também mostrar empate numérico no segundo turno. Não dá mais para segurar!

A imprensa tenta mostrar que o segundo turno está garantido e que Aécio não ameaça Marina. Acontece que se a diferença for de apenas 5 pontos entre os dois, caso Aécio continue crescendo e Marina caindo, pode acontecer de Aécio ir para o segundo e Marina ficar a ver navios. Já pensaram?

Mas o povo pode dar um baile na imprensa e votar em peso na Dilma já no primeiro turno, decidindo a eleição presidencial já no dia 05 de Outubro. Já pensaram?

Daí a pergunta se 41% de Dilma é para o primeiro turno ou para o segundo.
Se for para o primeiro, como já aparece nas pesquisas internas, fica possível chegar aos 45% e a eleição ser decidida no primeiro turno. Já pensaram?

Podem fazer o que quiserem com as pesquisas,
a palavra final é do Povo.
E o Povo está querendo decidir já no primeiro turno.

O Povo está escolhendo a Mulher do Coração Valente.
O Povo quer Dilma presidente!

Já pensaram?

Fiesp, Steinbruch e o Terrorismo na Imprensa

Quem manipula quem?
Vários jornais publicaram que Benjamin Steibruch, presidente da Fiesp, teria ditto que o “Desemprego bate à porta” da economia brasileira. Esta declaração combinada com o momento eleitoral é um peça de terrorismo eleitoral contra o governo Dilma. Será que foi erro dos jornais? Será que foi intenção de Steinbuch destacar exatamente isto? Estaria Steibruch fazendo campanha contra Dilma, Mercadante e todo o PT? Fiquei em dúvida.
Hoje o jornal Folha de S.Paulo publica no caderno de economia um artigo de Steibruch com o mesmo título eleitoreiro: Desemprego bate à porta.
Não sei quem escolheu o título do artigo, se foi a Folha ou se foi Steinbruch. Mas o intuit eleitoreiro do título continua.
Ao ler a íntegra do artigo, vemos coisas muito interessantes. Primeiro, que ele se baseia em um Estudo da Fiesp. Logo, representa a posição da Fiesp. Inclusive do título? Segundo, o artigo aborda questões importantíssimas a começar pela palavra chave do artigo: COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL. Se competitividade é a palavra chave, por que o título é “Desemprego bate à porta”? Para fazer campanha contra Dilma?
Pus em negrito palavras chaves em quase todos os parágrafos do artigo. Leiam com atenção e reflitam comigo: Será que o título dado reflete a grandeza do artigo? Será que não estão usando o nome da Fiesp e de tão importante empresário indevidamente?
Leiam a íntegra do artigo com as palavras relevantes em negrito:
Desemprego bate à porta
Para entrar no barco do avanço global, país precisa corrigir com rapidez entraves para a sua competitividade
Folha – 23/09/2014 – Benjamin Steinbruch
Qualquer que seja o escolhido nas próximas eleições presidenciais, a verdade é que o Brasil precisa estar preparado para participar do novo ciclo de crescimento mundial que já está começando --todas as previsões de analistas indicam que esse ciclo, puxado principalmente pelos EUA, será longo, embora com crescimento médio mais moderado.
O Brasil pode entrar no barco dessa nova expansão global e, para isso precisa, basicamente, ser mais competitivo. Isso vale para todos os setores, mas para a indústria, sem nenhuma dúvida, competitividade é a palavra-chave nesse contexto.
Tentarei ser bastante objetivo a respeito desse tema, cujo estudo tem sido aprofundado pela Fiesp, por meio de seu Departamento de Competitividade e Tecnologia. Perder competitividade significa, grosso modo, ficar fora de mercado por condições contrárias adversas locais.
Ao investigar as origens dessas desvantagens, aparecem de forma límpida dois problemas básicos: o elevado custo Brasil e a valorização do real.
Estudo da Fiesp, feito com base em dados do ano passado, concluiu que o custo Brasil gera um acréscimo de 23,4% nos preços dos produtos da indústria de transformação quando comparados com os similares de seus principais parceiros comerciais.
O item mais importante do custo Brasil é a tributação, incluindo-se aí a carga burocrática. O trabalho da Fiesp mostra que a indústria brasileira pagava no ano passado, em média, nesse item, 14% a mais que seus parceiros comerciais.
Sobre a burocracia, um exemplo diz tudo: o tempo que uma empresa brasileira gasta para preparar, registrar e pagar impostos é de 2.600 horas de trabalho por ano, em comparação com 249 horas de seus parceiros.
Outro item importante do custo Brasil advém do crédito caro. Só os gastos com capital de giro representam um acréscimo superior a 4% em comparação com os dos principais parceiros comerciais do país.
Os juros internos exorbitantes desestimulam os investimentos.
Outro estudo da Fiesp mostrou que os empresários que investiram em sua indústria entre 2008 e 2012 tiveram um retorno médio de 47%. Mas os que deixaram de investir e aplicaram os recursos no mercado financeiro, em um fundo de renda fixa, por exemplo, obtiveram retorno de 62% no mesmo período.
Apesar da queda do custo da energia e das matérias-primas em 2012 e 2013, esses itens ainda representavam, no ano passado, um acréscimo de 3% nos preços dos produtos industriais em relação aos dos parceiros.
Outros fatores, como os custos de serviço e de infraestrutura logística, também competem para encarecer o Brasil.
Além do custo Brasil, porém, a valorização do real é um fator importante para reduzir a competitividade brasileira. Ninguém duvida: o real precisa ser desvalorizado em relação ao dólar. Isso provocará inflação? Sim, alguma inflação, embora a experiência mostre que esse impacto não é tão grande quanto se propala. Mas a valorização do real, recentemente um pouco atenuada, não pode continuar.
A valorização cambial proporciona alguma redução nos preços de máquinas e equipamentos importados, o que diminui os custos de modernização e ampliação dos parques produtivos. O impacto do câmbio nos preços de produtos importados, porém, tira completamente a condição de competir de milhares de itens fabricados no país.
As alíquotas de impostos de importação são insuficientes para eliminar a desvantagem brasileira. Elas representam, em média, 10,2% para os países parceiros, bem abaixo da alíquota máxima de 35% negociada com a OMC (Organização Mundial do Comércio).
Para entrar no barco do crescimento mundial, o Brasil precisa corrigir rapidamente esses problemas que o tiram da competição nos mercados globais: reduzir impostos e burocracia; cortar taxas de juros e aumentar o crédito; cuidar da infraestrutura logística; e ajustar rapidamente a taxa de câmbio.

Dificilmente alguém que se debruce sobre esses problemas chegará a conclusão diferente. 
É o que precisa ser feito com urgência, não por meio de medidas isoladas, e sim como política sistemática, porque a ameaça do desemprego já bate à porta.