terça-feira, 26 de agosto de 2014

Pesquisas: Como 2 + 2 são 5

Ou dois prá lá e dois prá cá

Hoje vamos ter mais pesquisas. 

O Ibope diz que vai divulgar sua nova pesquisa às 6:00 h da tarde.
Só que todo mundo já está discutindo a pesquisa do Ibope,
principalmente quem apoia Marina.
Tem gente dizendo que "os números serão números avassaladores".

Sabem o que querem dizer com isto?
Que Marina já liquidou Aécio no primeiro turno
e que pode disputar o segundo turno pau a pau com Dilma.

A ironia é que quanto mais se reforça este clima de oba oba pró Marina,
mais desidrata a campanha de Aécio,
e se reforça o clima de "nós contra eles".
Os desenvolvimentistas contra os neoliberais conservadores.

Já que todo mundo está falando dos números do Ibope,
vamos fazer um exercício de numerologia….

As pesquisas mais  sérias normalmente têm uma margem de erro de 2% para mais e para menos, o que pode fazer com que o intervalo entre um candidato a outro cheque a até 4%. Gerando portanto diferenças significativas entre uma pesquisa e outra.

Todas as pesquisas são pagas por empresas ou partidos que têm posições mais para um candidato ou para outro candidato. Isto é, os institutos ou apoiam Dilma ou são contra Dilma.

Como o Ibope é da Globo e o Datafolha é da Folha, e ambas são contra Dilma, logo, o uso da margem de erro será sempre contra Dilma e a favor de seus candidatos. Inicialmente ambas apoiavam Aécio e agora ambas estão apoiando Marina.

Esta margem de erro possibilita que se manipule os números sem poder ser acusadas de mentirosas ou desonestas… Na última pesquisa Datafolha, ela forçou os números de Aécio para cima. Mas já não afetava a pesquisa, na medida que o relevante eram as posições de Dilma e Marina. Aécio já estava fora do páreo…

Entendidos os "Dois prá lá e dois prá cá", 
vamos ver os números incluindo os "2 + 2 são 5", isto é, os números de deverão ser vistos como possíveis de ser "reinterpretados"recompondo-se as margens de erros, conforme as pesquisas internas (reservadas) das candidatas.

Os números do Ibope estarão perto de:

Dilma caindo para 34%,
Marina subindo para 27% - muito mais do que Aécio tinha antes e muito mais do que a pesquisa Datafolha,
Aécio caindo para 13%

Subtotal (1): Dilma 34%, oposição neoliberal 40% - portanto formalizando o segundo turno.

Nanicos - 9%
Brancos - 10%
Nulos - 7%

Subtotal (2): 26%

Total geral: 100%

Simulando o segundo turno, 
os responsáveis pelas pesquisas tentarão mostrar que 40% da oposição neoliberal é maior que os 34% de Dilma, portanto aumentando a possibilidade de Marina ganhar. Isto só seria possível se todos os votos de Aécio fossem para Marina e nenhum voto dos nanicos, dos nulos e brancos fossem para Dilma no segundo turno.

Até o segundo turno, muitas manipulações, mentiras nas pesquisas e na imprensa acontecerão. Vão estimular a vingança, o ódio e o revanchismo. Viveremos um clima infernal, tipo tudo ou nada.

Independente de quem ganhar estas eleições, o Brasil não será mais o mesmo.
As feridas ficarão abertas e a reconciliação será mais dolorosa e mais lenta.

Infelizmente, tudo isto faz parte da "cordialidade da elite" brasileira.

Um comentário:

  1. Segundo o blog do Rovai o Ibope vai apresentar Marina na frente de Dilma no PR, SP e RJ. Parece que a burguesia e o PIG abandonaram de vez a candidatura Aécio e embarcaram no jatinho do Banco Itaú.

    ResponderExcluir