sábado, 16 de agosto de 2014

Eleições: Está tudo articulado

Só falta combinar com o lateral...

Vejam como as coisas estão combinadas:

1- Surgiu um fato novo e muito relevante nas eleições presidenciais;

2 - A morte de um candidato respeitado pode levar a um clamor social para homenageá-lo eleitoralmente;

3 - A substituta, embora difícil, aceita abrir mão de seus valores em nome deste clamor e de uma unidade neoliberal, social e que tenha como ponto central o esforço para derrotar Dilma e o PT;

4 - Os ruralistas gostam da ideia de uma frente ampla contra Dilma, mas exigem regras para aderirem. Nada de dificultar o agronegócio! Em nome da unidade, as regras são aceitas;

5 - A imprensa sai na frente articulando e sensibilizando a opinião pública. Para isto é fundamental o fato de, enquanto a nova candidatura não for oficializada, todo espaço está garantido. Fantástico e tudo mais...

6 - Os partidos da coligação serão retribuídos se aceitarem a nova regra do jogo eleitoral;

7 - A campanha vai ser maior do que a de Tancredo com a Nova República. Só que desta vez o Neves será coadjuvante e ficará fora da disputa;

8 - Só falta combinar com o lateral, como dizia Garrincha. Neste caso, o lateral é o Povo Brasileiro. E que não subestimem a capacidade de Lula e seus aliados em todo o Brasil.

A sorte está lançada e o jogo vai recomeçar com o Datafolha orientando a Imprensa, os partidos e a militância. Sugestão de números da nova pesquisa Datafolha desta próxima segunda-feira:
Dilma 38%, Aécio 19%, Marina 17% e nanicos 3%. Segunda feira vai ter até Roda Viva. Vai ser tudo ou nada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário