segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Adeus, Aécio

Tucanos paulistas abandonam Aécio

Convencidos de que se mantiverem a candidatura de Aécio como prioridade Dilma ganha a eleição no primeiro turno, os tucanos paulistas, que já vinham fazendo coligação com o PSB, resolveram, em comum acordo com banqueiros, especuladores e todo tipo de gente que não suporta o PT, fazer uma Frente Ampla de apoio a Marina.

A Folha resolveu ser dura e forçou os números do Datafolha, já colocando Marina na frente de Aécio e dando-lhe uma vantagem no segundo turno que não aparece na pesquisa espontânea. O que a Folha esquece é que se Aécio cair demais volta a ter o risco de não ter segundo turno.

O dilema é como manter Aécio vivo, mas não o suficiente para inviabilizar a ida de Marina para o segundo turno. Agora é tudo ou nada, porém com os devidos cuidados para não matar a candidatura de Aécio.

Os "especialistas" podem dizer que a pesquisa é séria e honesta. Eu não estou dizendo que não é plenamente séria e honesta, ou que eu afirmo é que ela usa da imaginação, da criatividade, do desvio padrão elástico e também dos votos nulos e em branco. Aí sobra margem para um monte de coisas. Lembram das privatizações? Chegaram à beira da legalidade, ou da moralidade...

O certo é que Aécio foi abandonado, o resto é consequência...

Uma nova eleição está em curso a partir de hoje.
Eduardo Campos vai virar santo
Marina vai virar a solução neoliberal e tucana
E o jogo da imprensa será infinitamente maior.

Sem direito a votos brancos e nulos,
Todo brasileiro eleitor terá que ter candidato

Agora é Dilma ou Marina!
O mundo anda mesmo nas mãos das mulheres
Para o bem ou para o mal.

Ainda bem que ainda temos Lula
como o maior cabo eleitoral do Brasil.

3 comentários:

  1. Não sei, não. Acho que vai ser um repeteco de 2010, com o Aecinho no papel de Serra. Verdade que ele é muito mais fraco que o vampiro paulistano.

    ResponderExcluir
  2. Marina está se mostrando uma cara-de-pau tão grande que está fazendo o Serra parecer um colegial perto dela.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente, o PSDB morreu. Chega de botar o Brasil em posição decubital.

    ResponderExcluir