quinta-feira, 3 de julho de 2014

Ipês, futebol e política

Brasilia está florida e bonita

Acordei de madrugada e fui para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Passava pelas ruas e avenidas vazias, às 5:15h, e admirava a quantidade de pés de Ipês floridos.

Ao chegar em Brasilia, liguei para nosso taxista Claudio,que inclusive fazia aniversário hoje, e ele foi nos buscar no aeroporto. No primeiro momento tivemos o impacto da nova dimensão do aeroporto. Grande, bonito e tem até esteira rolante para grandes percursos. Nunca entendi por que os aeroportos brasileiros não tinham estas esteiras.

Quando saímos do aeroporto sentido centro, fomos vendo as dezenas de ipês floridos. Brasília é a cidade que tem mais pés de ipês que eu conheço. Não consegui tirar fotos de muitas flores, mas, ao sair da reunião no Banco do Brasil, consegui tirar uma foto de um Ipê. Este tem poucas flores, mas são as flores de Brasília.


Vejam também que Brasilia, além dos pés de Ipês, já tem carros demais e estacionados nas ruas, atrapalhando o trânsito e os pedestres.

Outra coisa que chamou atenção foram as bandeiras do Brasil, lembrando a todos que temos Copa!
Deu até para ver o estádio/arena Mané Garrincha da janela do 24o. andar do banco.

Ah! Como era aniversário de Claudio, nosso amigo taxista, eu dei de presente um exemplar da Folha de São Paulo, para ele ver a nova pesquisa eleitoral

Por mais que a Folha negue, está cada vez mais claro que vamos eleger Dilma no primeiro turno. Podem manipular pesquisas, podem mentir e fazer notícias escandalosas que nada vai impedir nossa vitória.

No avião li no jornal Valor uma entrevista de Delfim Neto também afirmando que Dilma vai ser reeleita.

Finalmente, quando o avião pousou de volta à Congonhas,
ainda dentro do aeroporto, do lado da pista de pouso,
tinha um lindo Pé de Ipê Rosa. 

O Brasil é cor de rosa, verde, amarelo e anil.

Dilma, Dilma, Dilma, sem medo de ser feliz, fraterno e solidário.

O Brasil para todos os brasileiros e brasileiras!

Um comentário:

  1. O Galeão tem esteiras que ligam o terminal 1 ao terminal 2. Mas acho que, nas suas poucas visitas ao Rio, você passa pelo Santos Dumont, que é menorzinho.
    Os ipês florescem justamente durante a severa seca do Planalto Central. Brasília ganha um outro colorido.

    ResponderExcluir