sexta-feira, 13 de junho de 2014

Vergonha Nacional

Baixaria da Imprensa estimula violência

Para a Folha de São Paulo e seus aliados a vaia e as provocações que parte da torcida fez com a presidente Dilma no jogo de abertura da Copa do Mundo na presença de outros governantes de vários países foi uma grande realização de desejos.

A Folha está pior do que a Veja e superou a Rede Globo. A Folha está parecendo o pessoal da antiga TFP - Tradição Familia e Propriedade, organização fascista que dava apoio à ditadura militar.

Há algum tempo esta mesma Folha vinha propagando que Lula era o representante maior do "brasileiro cordial", criado por Sergio Buarque de Holanda. Se Lula representa o "brasileiro cordial", a Folha e seus aliados representam os fascistas, os ricos brasileiros que não gostam de povo, nem de aviões cheios. Não é por acaso que a Folha quer privatizar a USP.

Confesso que, quando escrevi ontem que a Folha iria dar como manchete que "O Brasil ganhou roubando", não esperava que o jornal superasse minhas expectativas. O Jornal foi baixaria do início ao fim. Só se salvou mesmo Juca, Tostão e mais alguns. E pensar que antes se tinha orgulho de trabalhar na Folha!

O Brasil está demonstrando sua imaturidade para a vida democrática, plural e nacional. A imprensa, o judiciário e os políticos contribuem para isto. É lamentável!

Feito o desabafo, quero registrar aqui que fiquei muito triste em não poder ter assistido ao jogo Espanha e Holanda. Parece que está pintando um concorrente sério a campeão. O Brasil que abra os olhos!

A Holanda veio para disputar a taça! 
Parabéns!

Eu estive estes dois dias em Salvador-Bania e fiquei louco para ir à Fonte Nova para assistir ao jogo.
A Copa na Bahia, além de fazer o milagre de inaugurar o Metrô que durou 16 anos para ficar pronto, possibilitou um dos melhores jogos desta Copa do Mundo.

Parabéns também a cobertura nacional e internacional que a Rede Globo está fazendo.
Estou com Galvão e não abro!

Aquele abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário