terça-feira, 3 de junho de 2014

Privatização da USP


Do Banespa, da Nossa Caixa... 

A imprensa pode informar, educar, divertir e torcer, 
mas também pode ENGANAR.

Na época de FHC a imprensa vivia mostrando que as estatais não funcionavam, que deveriam todas ser privatizadas, mesmo que como sucatas, como foi o caso da Ferrovia e da Telesp. Os bancos estatais e as empresas do governo foram vendidas a preço de bananas. Lembram do preço da Vale do Rio Doce e do Banespa?

Lula ganhou as eleições e os bancos estatais foram fundamentais para combater a crise de 2008 e garantir o crédito para as empresas e os consumidores. O Banco do Brasil voltou a ser o maior Banco do Brasil, tem mais de 100 mil funcionários e continua dando bons lucros, distribuindo dividendos e PLR – Participação nos Lucros e Resultados.

Quando Serra foi governador de São Paulo o que ele fez? Vendeu o único banco que tinha restado ao Estado de São Paulo. Vendeu a Nossa Caixa Nosso Banco. Quem a comprou? O Banco do Brasil por determinação de Lula. 

Ontem o jornal Folha de São Paulo reapareceu com sua gana privatista e defendeu a privatização da USP. Transformá-la numa FGV – Fundação Getúlio Vargas. Seria a elitização definitiva do ensino da USP. Já é de elite em função do sistema educacional brasileiro e paulista que faz com os alunos oriundos das escolas pagas tenham mais competitividade que os alunos das escolas públicas. 

O Estado de São Paulo perdeu o Banespa, a Nossa Caixa e tantas outras empresas que ajudavam a puxar a economia paulista. Na última pesquisa, a USP ficou atrás da Universidade Católica do Chile. E isto não aconteceu em função de uma ser estatal e a outra ser privada. 

Precisamos fazer uma nova Reforma do Conteúdo da Educação Nacional. Ter quantidade é bom, mas, ter qualidade também é muito bom. A USP precisa continuar na vanguarda, juntamente com a UNICAMP e a UNESP. Mas, não precisam ser privatizadas. Quanto custaria um aluno de Medicina? Cinco mil reais por mês. Quanto custaria um aluno de Engenharia?

Com a palavra:
os candidatos, a imprensa, os professores, 
os funcionários, os alunos e, 
principalmente, o povo de São Paulo...

2 comentários:

  1. Meu guru... Eu quando era estudante do ensino médio sempre achei que a Usp era muita areia pro meu caminhão zinho... E hoje dentro da Usp... Vejo que todos deveriam ter a oportunidade de frequenta lá e mais estudar com a profundidade que estou fazendo agora. Hoje com 47 anos e quebrando pré conceitos... Estudo na Usp , coisa que deveria ter feito na minha juventude... Mas sempre e tempo de mudanças. E um absurdo falar em privatização no sentido escrito no post.. O que realmente precisaria e que a educação proporcionada na Usp pudesse ocorrer em todos os níveis das políticas educacionais e mais pessoas tivessem acesso... Não o contrário !

    ResponderExcluir
  2. É uma pena que a Folha de S.Paulo não pense assim.
    Eu concordo plenamente com você.
    A USP deveria ser do povo!

    ResponderExcluir