quinta-feira, 12 de junho de 2014

Hoje começa a Copa e nosso primeiro degrau

Nosso primeiro jogo

Felipão e Neymar têm sido os símbolos desta Copa. Um é mais velho, sisudo, trabalhador, gosta de "botar ordem na casa" e de ganhar jogo. Não gosta de perder. O outro tem apenas 22 anos, Vem de família simples, mas, ao crescer conviveu com um Brasil já sem inflação e depois com a melhor época econômica e social do Brasil. A Era Lula...

Talvez para Neymar, isto não queira dizer nada, mas, para Felipão quer dizer muita coisa. Felipão viveu a hiperinflação e a desordem. Felipão é o irmão mais velho que conhece o passado e o presente, por isto simboliza bem o Brasil que quer ganhar a Copa. Neymar representa os 40 milhões de pessoas que foram incluídas na vida econômica, política e social do Brasil. Para pessoas como Neymar, um Brasil padrão Fifa é direito e não favor dos políticos. Ambos estão certos.

Já a imprensa e a oposição tentaram de tudo para inviabilizar a Copa no Brasil. Não conseguiram.

Graças a Deus a Rede Globo resolveu assumir a Copa. Mas jornais como a Folha continuam tentando destruir o clima positivo da Copa. A Folha parece esquerdistas na época da ditadura. É baixaria pura... Ainda bem que o Brasil não depende da Folha.

Finalmente chegou o primeiro dia da Copa, os aeroportos estão funcionando bem, bem melhor do que antes e o povo brasileiro vai assumindo as cores do Brasil. O mundo está olhando para o Brasil e hoje para Itaquera, o novo Arena Corinthians. Diga-se de passagem, também obra da Era Lula. O Corinthiano...

Felipão, na sua sabedoria, está dizendo aos jogadores, à imprensa e aos brasileiros que, para ser campeão, precisamos ganhar todos os jogos e não ficar olhando só para o final do campeonato. Cada jogo é um jogo, é um obstáculo a ser superado e que não pode ser derrotado. É preciso ter paciência, habilidade e muita vontade de ganhar. É preciso saber combinar o coração com a mente.

Felipão diz que teremos sete degraus e que não poderemos pular degraus, que será sempre um de cada vez. Portanto, hoje, quando acabar o jogo contra a Croácia, voltarei a este computador para dizer se conseguimos superar o primeiro degrau ou não.

Sempre gostei de Felipão, aprendi com ele a gostar dos meninos que estão jogando bola, fiquei contente quando aprovaram a Copa no Brasil, sempre vi com reservas a arrogância da Fifa e sempre odiei a forma mentirosa e desonesta como a imprensa tratou os preparativos da Copa. Ainda bem que superamos tudo isto e hoje o Brasil estará unido, plugado no mundo e vendo que Itaquera também pode ter seu estádio, ou Arena, como a Fifa chama os velhos campos de futebol.

Que Deus ilumine Felipão e nossos meninos da Seleção!
Vamos superar este primeiro degrau...

Um comentário: