segunda-feira, 26 de maio de 2014

Felipão e Zuza Homem de Melo no Estadão

Felipão na Comary e Zuza na Livraria Cultura

É muito mais jornal!
Este é o slogan do Estadão, apesar da mediocridade das páginas dois e três, onde a direita paulista escreve suas declarações conservadoras e pretensiosas. Tirando estas duas páginas, as demais compensam. Conheço um professor que diz sempre que ouve alguém reclamar que o Estadão é reaça: "Pule as duas primeiras páginas!" Acostumei-me a fazer isto e assim consigo ver coisas boas no jornal.

Nesta segunda-feira, para os leitores deste blog que são de outros estados e países e não têm muito acesso ao Estadão ou não têm hábito de lê-lo. Hoje o jornal veio com duas pérolas de primeira qualidade:

1 - A maior entrevista de Felipão antes do início da Copa.

2 - Uma ótima matéria sobre o lançamento do novo livro de Zuza Homem de Melo. 

Recomendo que os internautas baixem a entrevista de Felipão e guardem para consulta durante os jogos. Já pensaram se Felipão consegue realizar o quê ele declara na entrevista? Seria um verdadeiro show de bola e de competência! Eu sempre gostei muito de Felipão, torço para que o Brasil tenha um bom desempenho e, se for campeão mais uma vez, eu ficarei muito contente; o quê eu não quero é passar vergonha como foi o Brasil na Copa passada. Aquele joguinho mixuruca... A perder, tem que perder com dignidade!

Quanto à infraestrutura para a Copa, eu quero é que Ronaldinho tome juízo e comporte-se como uma referência mundial. O brasileiro precisa deixar de ser "esperto" ou oportunista. Precisa ser digno! é pedir muito?

Por falar em brasileiro DIGNO, o Zuza é um deste brasileiros que nos dá orgulho.
Zuza lança mais um dos seus bons livros, só que desta vez ele reúne entrevistas e reportagens feitas entre 1957 e 2014. Pega minha vida toda! Eu nasci em 1953 ouvindo nossa mãe cantando as marchinhas carnavalescas e as músicas de Francisco Alves. Não é interessantíssimo! Vou ver se consigo chegar atrasado, mas tentarei chegar na livraria Cultura, mesmo que haja algum grupo de baderneiros contra a Copa e a Cultura.

Pois é, querem saber mais detalhes?
Leiam as duas ótimas reportagens do Estadão.

E ainda vejam uma notícia muito interessante:

- Corinthians finalmente ganha de 4 a 1 e a polícia acha duas toneladas de maconha no estacionamento da Gaviões da Fiel. Agora entendi como o Corinthians conseguiu dar uma goleada. A meninada ignorou o Mano e fez a festa!

Zé Simão também vai comemorar esta notícia do Corinthians e a maconha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário