segunda-feira, 10 de março de 2014

Imprensa goiaba

Goiabas nas ruas 

Na minha adolescência, quando uma pessoa era muito chata a gente chamava de " goiaba". Nunca entendi o porque. Ultimamente, tenho encontrado várias ruas com goiabas no chão. Temos que pisar com cuidado para não sujar os sapatos.

Vejam este exemplo:



Quando a gente olha para cima, vê um lindo arbusto cheio de goiabas maduras.

Fico na dúvida entre a beleza das goiabas no pé e a chatice das calçadas cheias de goiabas maduras e as pessoas tendo que caminhar nas ruas...


Desde sexta-feira passada que eu tenho olhado os jornais e não encontrado boas matérias para ler.
A única exceção foi o Caderno de Fim de Semana do jornal Valor, que tem boas reportagens sobre as mulheres. Mas o Estadão e a Folha andam ruins e o jornal Valor anda surtando politicamente.

Como hoje cedo, ao olhar os três jornais, não achei nada de interessante para ler, nem para comentar no blog, resolvi fazer um texto sobre nossa Imprensa Goiaba.

Não aguento mais ler jornais reacionários e manipuladores.

Será que vamos ter que abrir o mercado para os jornais estrangeiros?
Quando os progressistas vão lançar o seu jornal?

A competição de mercado precisa chegar à imprensa brasileira.
Chega de oligopólios decadentes!

Queremos imprensa de qualidade e competitiva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário