terça-feira, 25 de março de 2014

Começa Eleição do Sindicato dos Bancários de SP

Um aula de Democracia e Participação

Pena que a imprensa não veja importância nisto. São quase 50 mil bancários aptos a votar em mais de 200 urnas que percorrerão mais de três mil locais de trabalho.

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a APEOESP – Sindicato dos Professores da Rede Estadual de São Paulo também estão em processo eleitoral. Estes três sindicatos representam os maiores entre os filiados à CUT no Estado de São Paulo.

Democracia só se aprende, praticando...

Vejam mais detalhes sobre as eleições no site do Sindicato e na Folha Bancária.

Todo apoio à Chapa 1 – encabeçada por Juvândia Moreira,
grande revelação como presidenta.

Eleição do Sindicato vai de 25 e 28 de março

São Paulo - Está tudo preparado para a realização da eleição que irá definir a diretoria do Sindicato para o próximo triênio (2014/2017).

A votação ocorre nos dias 25, 26, 27 e 28 de março nas agências e concentrações com sindicalizados aptos a votar.

De acordo com a Comissão Eleitoral, escolhida em assembleia por mais de 1,6 mil associados, a votação será por meio de cédulas, nas quais constarão as relações dos candidatos das duas chapas inscritas.

“Serão quatro dias de votação para que os milhares de associados tenham oportunidade de expressar sua vontade democraticamente”, afirma a coordenadora da Comissão Eleitoral, Aline Molina. “Estamos trabalhando para que o processo transcorra com tranquilidade. Já notificamos todos os bancos sobre o período de votação e é essencial que as chefias das unidades disponibilizem local para instalar a urna.”

Cerca de mil pessoas, entre mesários e funcionários do Sindicato, estão envolvidos nesse processo que se compara em tamanho à eleição de muitos municípios: têm direito a voto em torno de 48 mil bancários.

Serão cerca de 200 urnas entre fixas, nos complexos administrativos e sede do Sindicato, e itinerantes, que serão levadas pelos mesários às agências de São Paulo, Osasco e mais 15 municípios que integram a base territorial da entidade. Nos dias da votação, começam a sair da Quadra dos Bancários por volta das 7h. Haverá urnas também para os sindicalizados que trabalham no período noturno. Para aposentados ou para aqueles cuja coleta de voto é em separado.

Haverá urna fixa na sede do Sindicato (Rua São Bento, 413, Martinelli). Para que as urnas cheguem a todos os locais serão utilizados cerca de cem táxis e dez vans. “É importante que todos votem e fortaleçam a entidade na luta por melhores condições de trabalho”, reforça Aline.

Quem vota - Pode votar todo associado que na data da eleição: contar mais de seis meses de inscrição no quadro social; tiver quitado as mensalidades até trinta dias antes das eleições; tiver mais de dezesseis anos de idade.

As pessoas em férias ou afastadas por motivo de doença podem votar em separado na sede ou no seu local de trabalho. Os trabalhadores que não tiverem o nome na lista de votação (por exemplo, por ter mudado de local de trabalho), mas comprovarem sua sindicalização, também votam em separado, conforme o estatuto.

Têm direto a voto, ainda, o aposentado, bem como o desempregado há três meses, mediante comprovação dessa condição, e desde que tenha sido sócio do Sindicato pelo menos até seis meses antes de se afastar de suas funções.

A lista de votantes foi disponibilizada pela Comissão Eleitoral aos representantes das chapas desde 14 de março. Haverá edição especial da Folha Bancária com endereços dos locais de trabalho onde terá votação.

Redação - 20/3/2014 - Site do Sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário