domingo, 23 de fevereiro de 2014

Ucrânia, União Europeia e Rússia

Sofrimento contínuo

O mundo está acompanhando os acontecimentos na Ucrânia. Alguém na Ucrânia também acompanha este blog. É uma média de 100 acessos por semana.

Nos últimos dias, o exemplo Ucraniano serviu para estimular àqueles que querem derrubar governos através de manifestações de ruas com o apoio ostensivo da imprensa e dos Estados Unidos. Isto só vale quando é nos países que os Estados Unidos querem derrubar os governos. Lá, nos Estados Unidos, não vale. O pau come. Lembram do "big stick"?

Mas eu acho que o presidentes destituído acabou se fazendo merecedor. Faltou habilidade para lidar com as partes.

E para onde vai a Ucrânia?


O melhor seria ir para a União Europeia.
Sem ter necessidade de imediatamente passar a usar o Euro. Para mim, União Europeia é uma coisa, a moeda Euro como obrigação é outra.Sem contar a obrigação ou não de também fazer parte da OTAN - Organização militar de defesa da Europa em parceria com os Estados Unidos.

Nesta perspectiva, a própria Russia também deveria fazer parte da União Europeia. O mesmo também deve valer para a Turquia.

Se a Europa abrir os braços para todos os países europeus, sem distinção de etnia, religiões e mesmo formas de governo, a Paz ficará mais perto e as tensões tenderão a diminuir.

Como nosso blog defende que a Terra seja nossa Pátria. A Europa sendo a pátria de todos os povos da Europa, já é um grande começo...

Enquanto isto não acontece, as mudanças só acontecem depois de dezenas de mortes.
Minha solidariedade ao povo da Ucrânia!

Como evitar este Sofrimento Contínuo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário