segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Violência: O Maranhão é aqui

Violência aumenta em São Paulo e no Brasil

Voltei hoje para trabalhar e, além dos cumprimentos rotineiros, fiquei sabendo que vários parentes e amigos de colegas foram assaltados já neste ano.

Imagine o trauma de você colocar tudo no carro para tirar umas férias e duas pessoas chegarem com armas na mão e pedirem a chave do carro, com documentos e levar tudo! E você fica na porta da casa olhando transtornado! Quando a irmã de nossa colega foi fazer a ocorrência o policial respondeu "que não estava dando conta do crescimento dos assaltos".

Uma das manchetes da Folha de S.Paulo é: "Roubo de carros é o maior em 12 anos no Estado de São Paulo".

Moramos na Vila Madalena e outro dia nosso amigo sofreu "Sequestro Relâmpago" enquanto esperava a esposa comprar pão e leite. Na mesma Vila Madalena tivemos várias casas e prédios assaltados…

Mas, de repente, todo mundo só fala do Maranhão.
Será que os presídios do Maranhão são tão piores do que os presídios de TODOS OS ESTADOS brasileiros?

Nosso judiciário, de repente, se descobriu. Muito bom. Antes tarde do que nunca!

Devemos exigir a humanização dos presídios, mas devemos muito mais ainda, exigir o fim dos roubos, dos sequestros, dos assaltos a mão armada, dos assassinatos, enfim, da insegurança generalizada que tomou conta de São Paulo e de todo o Brasil.

Se o Haiti é aqui…
O Maranhão também é aqui!

Bem pertinho, como diz o mineiro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário