segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Qualificar o trabalho

Criar boas referências

Tivemos hoje várias experiências onde o vendedor prometia uma coisa e depois constatamos que a qualidade estava abaixo do prometido. Aos poucos nos damos conta que no Brasil atual esta tem sido a regra. Mesmo com a indústria automobilística temos tido decepções. Compramos carros da marca Honda e quando precisamos usar a assistência técnica enfrentamos problemas no atendimento. Nem mesmo marcas japonesas se salvam no Brasil.

O pessoal diz que é excesso de demanda, isto é, Lula e Dilma do PT melhoraram a vida de milhões de brasileiros, que por sua vez passaram a querer ter vida de classe média. Resultado: nem o pais tinha infra-estrutura para atender tanta gente; nem a população estava qualificada para tanto.

Eis o dilema: investir muito em educação e qualificação ou reprimir o consumo. Os tucanos e neoliberais preferem reprimir o consumo, aumentar o desemprego e concentrar a renda, dá menos trabalho. Já Dilma prefere distribuir renda, aumentando o salário mínimo e o emprego. Só que precisa agilizar muito a educação e o investimento em infra-estrutura para evitar crises. Sabemos que Dilma tem priorizado a qualificação mas precisa intensificar mais ainda.

Precisamos combinar o crescimento chinês com a qualidade japonesa.
Assim o Brasil pode ter um padrão alemão  de desenvolvimento com jeitinho brasileiro.

Estamos apenas começando 2014...

Imaginem no Carnaval, na Copa e nas Eleições?

Um comentário: