sábado, 11 de janeiro de 2014

Bertold Brecht no IPad

Vivendo e aprendendo

O mundo moderno exige cada vez mais das pessoas. É um outro tipo de exigência.  Aprender a usar um computador, um telefone celular, um IPad ou mesmo a internet para pagar contar e consultar o banco é hoje tão importante quanto foi aprender a ler, aprender a dirigir e aprender outras línguas.

Hoje, enquanto esperava minha filha chegar, fiquei lendo um texto que ela baixou no meu  IPad. Era a Introdução do livro “European Civilization, 1648-1945, Edição da Yale University, 2012, o autor é John Merriman. Nesta introdução aprendi duas coisas novas que ainda não conhecia: 1 – A importância da Batalha de Somme na primeira guerra mundial; 2 – Uma poesia de Brecht, chamada “A Worker Reads History”, que em português foi chamada de: “Perguntas de um trabalhador que lê”.

Entrei no Google e pesquisei sobre os dois assuntos e aprendi muito. Sobre a Batalha de Somme, recomendo que leiam para entender o “trauma” inglês. E sobre a poesia de Brecht, eu resolvi mostrá-la para voces. 

Como eu costumo dizer que tucano não gosta de pobre, nem de povo, e eu mesmo trabalhando para os pobres e o povo, não conhecia esta bela poesia de Brecht sobre a História e os Trabalhadores, resolvi divulgá-la para que, aqueles que ainda não a conhece, passe a conhecê-la:

PERGUNTAS DE UM TRABALHADOR QUE LÊ

Quem construiu a Tebas de sete portas?
Nos livros estão nomes de reis:
Arrastaram eles os blocos de pedra?
E a Babilônia várias vezes destruída
Quem a reconstruiu tantas vezes?
Em que casas da Lima dourada moravam os construtores?
Para onde foram os pedreiros, na noite em que a Muralha da China ficou pronta?
A grande Roma está cheia de arcos do triunfo:
Quem os ergueu?
Sobre quem triunfaram os Césares?
A decantada Bizâncio
Tinha somente palácios para os seus habitantes?
Mesmo na lendária Atlântida
Os que se afogavam
gritaram por seus escravos
Na noite em que o mar a tragou?
O jovem Alexandre conquistou a Índia.
Sozinho?
César bateu os gauleses.
Não levava sequer um cozinheiro?
Filipe da Espanha chorou,
quando sua Armada naufragou.
Ninguém mais chorou?
Frederico II venceu a Guerra dos Sete Anos.
Quem venceu além dele?
Cada página uma vitória.
Quem cozinhava o banquete?
A cada dez anos um grande Homem.
Quem pagava a conta?
Tantas histórias.
Tantas questões.
Bertolt Brecht (Augsburg, 10 de Fevereiro de 1898 — Berlim, 14 de Agosto de 1956) foi um influente dramaturgo, poeta e encenador alemão do século XX.


Nenhum comentário:

Postar um comentário