segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Imagens da música e da vida

A música faz parte da nossa existência

O quê veio primeiro, o som ou a fala? O som.
O ser humano aprendeu a falar depois, muito tempo depois...
Mas, depois que aprendeu a falar, aprendeu também a combinar os sons, as músicas com as falas e aprendeu também a compor músicas e depois aprendeu a transcrever os sons para as partituras musicais.

No enterro de Mandela o povo africano cantava...
Na festa de Bachelet, no Chile, o povo cantava...
No congresso do PT, em Brasilia, os militantes cantavam...

Nas lojas e shoppings, o som das músicas é constante e até cansativo...
Quando andamos nos carros, ouvimos música...
Quando estamos nos consultórios médicos,
enquanto esperamos, ouvimos música...

Nas Igrejas, oramos e cantamos...
No cinema, além do filme, há músicas...
Quando queremos botar alguém para dormir,
cantamos música de ninar...

Quando estamos alegres, cantamos....
Quando estamos tristes, também cantamos...
Quando queremos lembrar de alguém,
lembramos de uma música...

As línguas dos povos são diferentes, mas com a música,
aprendemos a nos entender mais facilmente.
Aprender línguas com música é bem mais fácil.
Nas guerras, os guerreiros cantam,
Na Paz os povos cantam.

Quantas boas lembranças as músicas nos trazem?
Quantos sonhos e desejos realizados e não realizados?


Minha irmã achou nos seus arquivos fotográficos, esta imagem do nosso apartamento na Rua Sílvia, Bela Vista, em São Paulo. Eu e meu irmão tocando, nos anos setenta do século passado.

Meu irmão, além de doutor em física é entendido em música, tanto em composição como tocar qualquer instrumento.
Eu nunca consegui ser bom na música. Não tenho ouvido para identificar as notas. Tenho senso melódico, mas se não for na partitura, não identifico nada. Nadinha de nada. Mas continuo adorando música.

Já não toco há muito tempo e esta foto eu não tinha, mas tenho ainda meu clarineta francês, que faz parte do meu passado.
Outro dia ouvi na Rádio Cultura que Mozart adorava o som aveludado do clarineta e compôs várias peças para este instrumento. O som do clarinete realmente é muito bonito.

Agora, como não sei mais tocar, ouço, escrevo e leio sobre música.
Ando lendo sobre JAZZ, a música dos negros americanos
e um dos principais tipos de música do mundo.
Depois de Zuza Homem de Mello, agora estou lendo Vinicius de Morais falando de JAZZ.
Enfim, a música faz parte da nossa existência…

2 comentários: