quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Jazz - A música do Século XX

Música no Trânsito

Andei trocando os discos que carrego no carro para ouvir enquanto o trânsito não evolui e desta vez peguei um cd que já ouvi outras vezes. Ele é sempre bonito. Chama-se “Louis Armstrong – Itinéraire dún génie” uma produção francesa, com músicas antigas de Jazz. Cada uma melhor do que a outra, incluindo no disco a versão para inglês de “La vie en rose”. Os franceses e alemães investiram muito no Jazz na primeira metade do século passado.

Entre todas as belas músicas, há uma que toda vez que toca eu repito. Chama-se "I’m Confessin", de 1944 e tem uma batida de bateria maravilhosa. A procurei no youtube mas não achei a versão do disco. Não tinham a batida especial da bateria.

Achei uma versão muito bonita com Peggy Lee.

O velho Zuza Homem de Mello falou tão bem de Peggy Lee, no seu livro Música nas Veias que, além de gostar muito da interpretação dela, resolvi compartilhar a música e a voz de Peggy Lee com vocês.

Afinal, a música do Seculo XX foi o Jazz.

I'm Confessin' - Peggy Lee



Falta aparecer a música do Século XXI

Sei que os japoneses gostam de Jazz, mas ainda não vi nenhum documentário ou filme mostrando o quanto os chineses na China escutam Jazz. Já vi bons intérpretes chineses de música clássica. Afinal, com a mania de estimular milhões de chineses a fazer algo bem feito, outro dia vi um documentários de milhões de crianças aprendendo piano. Chopin que se cuide…

Nenhum comentário:

Postar um comentário