quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Tokio ou Tóquio, a festa olímpica é a mesma

O mundo apoia a recuperação do Japão

Quem viu as cenas do tsunami no Japão sente-se na obrigação de ser solidário com o país e seu povo. Contando com a mesma educação e perseverança de sempre, o mundo espera que os japoneses mais uma vez façam uma grande demonstração da sua capacidade de recuperação.

Estaremos torcendo para que as Olimpíadas sejam as mas belas possíveis.

Que os japoneses comemorem por muitos dias...

Tóquio celebra vitória olímpica
e nova fase para o Japão

10 de setembro de 2013 | 13h 05
AE-AP - Agência Estado

O governador de Tóquio prometeu que o retorno dos Jogos Olímpicos ao Japão em 2020, quase meio século depois da primeira edição do evento organizado pela cidade, será um êxito esportivo e um impulso econômico para a nação. O governador Naoki Inose disse que os Jogos vão abrir um novo capítulo depois de anos de dificuldades econômicas e do desastre nuclear.

"Tudo foi deixado para trás", disse.

"Vamos nos unir como uma só nação".


Nesta terça, milhares de moradores da capital japonesa se reuniram na praça em frente à sede do governo para cumprimentar o seu governador e os membros do comitê de candidatura em seu retorno da votação do Comitê Olímpico Internacional, na Argentina, em Buenos Aires. Tóquio bateu Madrid e Istambul no último sábado.

As preocupações sobre o desastre nuclear em Fukushima, ao nordeste de Tóquio, quase atrapalharam a candidatura. Conter a radiação da danificada usina nuclear de Fukushima continua sendo um problema, mas o governo e a empresa que opera a central insistem que não haverá riscos de saúde para a multidão de atletas e espectadores que se aguardam para a Olimpíada.

Os Jogos de 1964 foram um marco na recuperação japonesa após a Segunda Guerra Mundial e ajudaram a projetar o país como uma potência econômica. Desta vez, organizar os Jogos poderá provocar criação de mais de 150 mil empregos, de acordo com algumas estimativas, além da entrada de US$ 40 bilhões na economia.

Mais da metade desses valores serão para a construção, vendas de itens relacionados ao Jogos e compras de novas televisões. Ter conseguido o direito de organizar a Olimpíada de 2020 aumentou os preços das ações de empresas de construção, imobiliárias e turismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário