domingo, 18 de agosto de 2013

Epson e Kalunga - Erraram feio!

Propaganda Enganosa

Há dois meses que nossa antiga impressora da HP deu defeito e, como não podíamos ficar sem impressora, resolvemos comprar uma nova para "facilitar as coisas". Mas, o que deveria ser um alívio, virou um pesadelo!

Fomos até a loja da Kalunga em Pinheiros e o vendedor insistiu para minha esposa que o modelo Epson L355 era bom e, o quê foi decisivo, tinha um tipo de tinta que era mais ecológica! Concordamos com o apelo ecológico.

Pagamos mais de setecentos reais na impressora e quando a instalamos vimos que, apesar de a tinta ser ecológica, a forma de deixar o papel em pé (vertical), em vez de deitado(horizontal), mostrou-se uma verdadeira tragédia, enroscando o tempo todo e impossibilitando nosso trabalho.

Daí, só aumentou minha desconfiança com esta mania de dizer que o produto deve ser comprado porque é Ecológico!

Jogamos dinheiro fora, ficamos irritados com a Kalunga, decepcionados com a Epson e ficamos sem impressora em casa. Vamos ter que voltar na Kalunga, brigar com os vendedores, talvez jogar a impressora fora e aguardar que nosso técnico conserte a HP ou depois comprar outra HP.

Este capitalismo descartável, ou faz a gente de bobo, ou deixa a gente louco.
Quando na verdade, deveria deixar a gente (o cliente) mais satisfeito.

Mas, apesar da estupidez da Kalunga e da Epson, a economia de mercado continua melhor do que a economia monopolista.

Já pensaram se só existissem a Kalunga e a Epson?

3 comentários:

  1. Impressoras são pesadelos tecnológicos.

    ResponderExcluir
  2. Tenho 2 L355 e 1 L200 sem apresentar nenhum problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um pau na joba , aposto que enfiou os tanques de tinta no cú , e soltou os papéis pela boca , velho fdp , vai aprender a mexer com impressora seu corno.

      Excluir