quinta-feira, 9 de maio de 2013

90 anos de vida e de vitórias

Tempos e Caminhos

Nossa mãe completa 90 anos hoje.

Nascida num tempo em que o Brasil era uma grande fazenda, com 80% da população vivendo no campo, no interior da Bahia, numa cidadezinha chamada Miguel Calmon, cresceu participando da Igreja católica, estudou apenas até a segunda-série mas leu mais de mil livros e teve sete filhos que escolheram os cursos e as universidades onde queriam estudar.

Viveu a seca e a epidemia, perdendo o pai quando tinha apenas dois anos de vida, e mais tarde convivendo com padrasto e a família. Quando casou, foi tendo filhos e filhas, teve que mudar de cidade em função do emprego do marido e assim passou por Inhambupe e foi morar a maior parte da vida em Serrinha. Tudo na Bahia.

Enquanto os filhos cresciam, toda noite pegava o candeeiro e ia de quarto em quarto matar as muriçocas (pernilongos). Eram centenas... Quando acordava, seja época de frio ou de sol, tinha que botar lenha no fogão e acender o fogo. Naquela época ninguém tinha fogão à gás, luz elétrica ou água encanada. Mas todos os filhos iam para a escola e eram bons alunos. O saber em primeiro lugar.

Na medida que os filhos cresciam iam migrando, a maioria para São Paulo, e assim o mundo ia se ampliando.

Quando nosso pai fez 40 anos, eu achei que ele estivesse ficando velho. Quando nossa mãe veio passar uns dias com a gente em São Paulo, em 1971, eu achava que ela já era uma senhora. Ela tinha apenas 48 anos.




Hoje, nossa mãe faz 90 anos e eu irei fazer 60 anos ainda neste ano.
Já estamos todos velhos, avós e felizes...

E o Brasil do passado, da pobreza e da falta de trabalho, também já não existe mais.
O futuro já chegou.

Neste ano tive duas emoções:
Ver o nosso Sindicato fazer 90 anos em Abril
E ver nossa mãe fazer 90 anos em Maio.

São tempos e caminhos que transformam a vida das pessoas e dos países.

Para tanto sucesso, além da solidariedade e do afeto,
a educação e a escola continuam em primeiro lugar.

6 comentários:

  1. Gilmar,
    Comovente. Parabéns!!
    Abs,
    Vitor (Caffè)

    ResponderExcluir
  2. Gilmar, li pra mamãe e ela achou lindo! Disse que foi o maior presente que ela recebeu...

    Grata, Gilmar!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. A alegria e criatividade de mamãe é uma rara preciosidade. Admiro muito e me orgulho dela. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  4. Que bonito, Gilmar, emocionante! Alegria recíproca para mãe e filhos. Parabéns a todos!

    ResponderExcluir
  5. Amigo Gilmar,parabéns!

    Pinheiro

    ResponderExcluir