terça-feira, 16 de abril de 2013

Lula hoje nos Bancários – Uma História Feliz

Hoje o Sindicato faz 90 anos

O Centro Sindical dos Bancários de São Paulo, na Rua Tabatinguera, 192, no Centro de São Paulo, vai receber o melhor presidente que o Brasil já teve e também um velho amigo.

Hoje Lula estará mais uma vez fazendo uma palestra para milhares de dirigentes sindicais e militantes políticos de várias regiões do Brasil.

O fato de a palestra ser no Centro Sindical dos Bancários não é por acaso.
Este espaço foi mais uma iniciativa brilhante do então presidente dos bancários na época, Augusto Campos.

Toda vez que, a partir de 1978, precisávamos de um espaço grande para realizar assembleias dos bancários ou de outras categorias numerosas como professores, metalúrgicos, etc. não tinha espaço apropriado e a Ditadura Militar proibia que os espaços privados fossem alugados para nós.

Assim, Augusto resolveu comprar um grande terreno onde tinha um estacionamento e começou a construir a Quadra, como é conhecida, mas também pediu ao famoso arquiteto Artigas, construtor do Estádio do Morumbi e também do prédio da FAU-USP, para que fizesse o projeto de um prédio para o Sindicato, com espaço cultural e que coubesse também o DIEESE, a CUT e outras instituições dos trabalhadores.

Aí, mais uma vez a DITADURA agiu, intervindo no nosso sindicato em 1983, e nos Metalúrgicos do ABC, dos Metroviários, dos Petroleiros de Campinas e da Bahia.

Augusto não esmoreceu, mesmo com o sindicato sob intervenção, continuou trabalhando para que a construção não fosse interrompida e passou a ficar tempo integral na Quadra. Um dia os funcionários pegaram meu fusquinha emprestado para carregar sacos de cimentos para a obra. Só que quase mataram o fusquinha ao colocarem dez sacos de cimento!

Este espaço passou a ser a principal referência de reuniões e assembleias de todas as categorias e movimentos sociais.

Além de manter a construção da Quadra, conseguimos manter a Folha Bancária Diária e Livre, com a ajuda financeira da própria categoria bancária e de outros sindicatos.

Este reencontro dos Bancários com LULA e os militantes da CUT, do PT e da Teologia da Libertação é uma forma especial de comemorar os 90 anos de existência do nosso Sindicato.

Que esta aliança entre Bancários, Metalúrgicos e todos os trabalhadores continue por muitos e muitos anos, ajudando a construir um Brasil livre, soberano, cidadão e sem pobreza.

Vida longa ao Sindicato e a Lula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário