sexta-feira, 12 de abril de 2013

É preciso amar

Apesar de tudo

Quando ligamos o rádio, ouvimos notícias só de problemas e tragédias; quando ligamos a TV, é a mesma coisa; quando vamos ler os jornais, vemos problemas e tragédias sendo detalhadas e ilustradas... Sobra pouco espaço e pouco tempo para as coisas boas. E, no entanto, as coisas boas estão presentes em todos os lugares e mesmo perto da gente.

Por que priorizar só as coisas ruins em detrimento das coisas boas? Não precisamos ser polianas, não precisamos negar os problemas nem as tragédias, mas a vida é o conjunto de coisas boas e coisas ruins. Talvez seja uma variável cultural da nossa sociedade, cultivar a tragédia em detrimento do trabalho e da solidariedade. Tem muita gente que vê o comportamento construtivo e respeitoso como algo brega. Mas, no fundo, somos todos carentes...

Por isto que, além de trabalhar muito, eu ainda arranjo tempo para cuidar de flores, cuidar da família, ter tempo de ler e buscar coisas positivas da vida. Não é fácil, mais é possível.

Vejam estas pequenas flores dos pés de TREVOS no nosso jardim.
Só quem presta atenção vê estas pequeninas flores.
No entanto elas estão lá, iluminando nosso jardim.



E esta foto de outro ângulo.



E estas amarelinhas, ótimas vizinhas dos Trevos.



Mas, se quiserem ver apenas as flores murchas,
vejam estas orquídeas que já foram maravilhosas.



Aproveitem o fim de semana para olhar as flores e as pessoas que estão perto de voce.

É preciso amá-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário