sexta-feira, 29 de março de 2013

Cinema Japonês e Kishimoto

Viva a Internet

Depois de duas publicações neste blog sobre o lançamento do livro Cinema Japonês na Liberdade e de várias tentativas de encontrar a resenha escrita por Jorge Okubaro, que não consegui até hoje, nem no Google nem no Estadão, para minha grande alegria, recebi no dia 26, terça-feira passada, a carinhosa mensagem do autor do livro:

"Prezado Gilmar

Como autor do livro, fiquei muito tocado e agradecido pelo teu texto!

A ótima resenha de Jorge Okubaro pode ser lida
na página da editora Estação Liberdade no Facebook:


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=478766905510611&set=a.275619599158677.70773.275591042494866&type=1&theater

Gostaria também de convidar você e todos os teus leitores para o lançamento do livro que será realizado hoje (terça, 26/3) a partir das 18h30 na Livraria Cultura
do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073).

Um grande abraço,

Alexandre Kishimoto"


Apesar de só ter lido a mensagem à noite, como tinha que ir buscar minha esposa no consultório dela, na Rua Jericó, aproveitei para convidá-la para conhecer Alexandre e prestigiar o lançamento do livro.

Fomos, compramos dois exemplares, um para nós e outro para minha família na Bahia, com dedicatórias para mim e para meu irmão Gildemar/Dema, especialista em tudo sobre o Japão, por ter morado lá durante onze anos, ter feito o doutorado, casado com uma issei, puro sangue, e ter tido uma filha também em Nagoia.

Vejam nossa foto no lançamento.
Eu e Alexandre. Pessoa agradabilíssima!



E em homenagem a todos os japoneses, mais uma foto do nosso pequeno jardim japonês, construído por um japonês, especializado em jardinagem, a pedido de minha esposa, japonesa e para alegria da familia.




Graças a internet, as pessoas se descobrem, se conhecem,
e muitos matam a saudade dos velhos tempos de convivência.

Um comentário: