quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Bairro do Brás e CUT juntos no Carnaval

Colorado do Brás é Campeã

Enredo exaltando os/as trabalhadores/as dá a Colorado do Brás título de campeã do Grupo I

Escola homenageou os 30 anos da CUT - em 28 de agosto deste ano: "Unidos somos fortes e podemos ir além", foi o recado campeão dos sambistas

Escrito por: site CUT Nacional – 13/02/2013

Com o enredo “O trabalho enobrece o homem: lutas, direitos e conquistas de um povo vencedor”, que homenageou os trabalhadores do campo e da cidade e os 30 anos da CUT, a escola de samba Colorado do Brás levou o campeonato do Grupo I e, em 2014, estará no Grupo de Acesso do carnaval de São Paulo.

Além das diversas formas de trabalho e profissões, o enredo ressaltou os direitos dos trabalhadores, como férias, por exemplo, e a luta dos dirigentes sindicais CUTistas para garantir e conquistar novos direitos.

Com um grupo de jovens batalhadores, liderados pelo presidente Leandro Donato, administrador de empresa de 33 anos, e um carnavalesco – Danilo Dantas - de apenas 27 anos, a escola iniciou o ano com um lema interno que estimulou a comunidade a trabalhar dia e noite para viabilizar um projeto ousado de voltar ao Grupo Especial.

“Sangue nos olhos, faca nos dentes e samba no pé, foi o lema que levou a comunidade a acordar cedo e dormir tarde para trabalhar como todos os operários do país. E os trabalhadores foram justamente o tema do nosso samba-enredo”, conta Leandro, agradecendo à determinação dos moradores do Brás e região e à CUT.

Segundo o presidente da Colorados do Brás, a “grande parceira da escola com a CUT nos últimos 3 anos foi fundamental para a conquista”. Ele explicou que o objetivo da CUT nesta parceria é valorizar, cada vez mais, o bairro e a vitória neste Carnaval é um passo importante. Sobre a parceria com a CUT, Leandro disse que a Central ajuda a escola chamando membros da bateria para shows e eventos, indicando os instrumentistas para sindicatos CUTistas etc.

“A escola falou sobre todos os tipos de trabalhadores, do camelô ao artista de TV e de cinema, do operário ao trabalhador rural. E, no final, fizemos uma bela homenagem ao presidente Lula e à presidenta Dilma Rousseff.

O encerramento foi com um bolo gigante, homenagem aos 30 anos de luta da CUT pelos direitos dos trabalhadores (a CUT faz 30 anos no dia 28 de agosto deste ano)”, concluiu Leandro.

Ao som da bateria “Ritmo Responsa”, os 1.200 componentes da Colorados do Brás – cerca de 80% dos sambistas moram no Brás, no Pari, no Canindé e região - entrou no Sambódromo Paulistano com o samba na ponta da língua, com muito entrosamento e uma bela comissão de frente.

Para o carnavalesco Danilo Dantas, que está na escola desde 1998, “apesar das dificuldades, o projeto audacioso de voltar ao grupo de acesso, não foi alterado”. Segundo ele, o presidente da escola não pediu para mexer em uma única fantasia, em um único carro alegórico, foi à luta para conseguir patrocínio e “conseguimos fazer belas fantasias e alegorias”.

Mas, disse ele, o que garantiu o título foi a garra dos componentes da escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário