sábado, 12 de janeiro de 2013

As crianças estão morrendo...

11 - Notícias de Novembro de 2012

Neste mês, as notícias mais chocantes eram as mortes de crianças e mulheres, tanto no Palestina, quando Israel bombardeava a Faixa de Gaza, como nas ruas da cidade de São Paulo, em função das disputas entre o CCC, organização criminosa, a Polícia Militar e a Polícia Civil. Todas brigavam entre si, e as crianças, as mulheres, os civis e muitos soldados morriam esperando a iniciativa do governo estadual.

O Pão de Açúcar continuou na briga entre Abilio Diniz e o novo dono, Casino da França.

A orgia midiática do julgamento do mensalão e o papel do STJ como o poder acima dos poderes, convinha para a imprensa. Enquanto esta loucura não atacar empresários e jornalistas, eles ficarão comemorando. Mas a gente já conhece este filme. Começam com os trabalhadores...

Minas Gerais deu duas lições:

A primeira foi o governo de Aécio usar a CEMIG para fazer política. Gerando apagão nas empresas de energia elétrica controlada pela CEMIG, estatal mineira, que deveria ter sido privatizada por FHC, mas Itamar Franco não deixou. Agora os tucanos usam a CEMIG para fazer política contra Dilma. Oh mundo!

A segunda foi que,apesar de todo o monopólio político e midiático do tucano Aécio Neves, o estado onde o PT teve melhor votação foi Minas Gerais. Por pouco não ganhou Belo Horizonte e ganhou no cinturão em volta de BH e em outras grandes cidades. Minas promete uma bela vitória para os petistas em 2014. É só trabalhar direitinho e em silêncio, como bons mineiros...

Outra boa notícia deste mês de novembro foi o sucesso do Show de Paulinho da Viola em Nova York e o concerto solo de Antonio Meneses na Sala São Paulo, com a OSESP. Coisa de primeiro mundo.

Para fechar o mês com boas notícias, tivemos o Forum Social Mundial pela Palestina Livre, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, que coincidiu com a votação e aprovação na ONU da Palestina como membro, conquistando cidadania internacional para os palestinos.

E as flores que vão simbolizar o mês de novembro, o mês da dignidade da Palestina , são as flores chamadas de "Lágrimas de Cristo", que choram pelas crianças e mulheres que morreram de morte violenta.


Estas flores e esta planta, secam, viram cipós secos
e depois renascem e embelezam nosso quintal.

A vida dos povos também pode ser assim.
Uns morrem para outros nascerem e trazerem alegria e solidariedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário