domingo, 30 de dezembro de 2012

Como 2 + 2 são 5

Viver com Dignidade!

A imprensa bate, o STJ julga com parcialidade e a militância se abate.
Todos concordamos que gente do PT deu motivo para que a direita generalizasse a crítica ao partido e a seus militantes.

A luta da nossa geração pela redemocratização do Brasil foi vitoriosa.
Os que batem no PT atualmente apoiaram o Golpe Militar de 1964 contra o governo legítimo de João Goulart e cassaram pessoas como Juscelino e Mário Covas.

A nossa geração contribuiu muito para o Brasil
ser o país democrático que é hoje.
Mas, nossa geração não está plenamente realizada.
Falta algo!
Falta a alegria coletiva, falta uma autoestima coletiva.

E aí nos perguntamos:

- Qual é a contribuição que damos nesta crise de identidade?
- Será que esta "baixaria da imprensa", somada com a parcialidade dos juizes, não são bem mais perturbadoras do que os erros de alguns petistas?

Com certeza os petistas que erraram, por confiar em pessoas como Roberto Jefferson e Marcos Valério, não poderiam manchar a imagem do partido como mancharam.

Os petistas não têm direito de serem amadores na gestão pública e privada.
Precisamos ser firmes e coerentes, ajudando a população a acreditar na eficácia da Democracia e na seriedade de nossas promessas e nossos compromissos.

Mas, com certeza, entre todos os erros e todos os acertos, historicamente, o PT foi e é o partido que mais contribuiu para a redução da pobreza e da desigualdade no Brasil.

Continuaremos a ter decepções e também muitas alegrias em 2013.
Devemos aprender a conviver com a diversidade e os desafios permanentes.

Apesar do risco da elitização das gestões petistas,
a alegria que a militância sentiu durante a campanha eleitoral foi extraordinária. Derrotar o Serra foi tão gostoso como ver o Corinthians campeão mundial.

Agora conviveremos com nossa administração na cidade de São Paulo, e com 45% da população do Estado de São Paulo.

Devemos nos preparar para as baixarias da imprensa.
Aquilo que os tucanos e a direita não fizeram durante mais de dez anos e não foram cobrados pela imprensa, tudo isto será apresentado pela imprensa como problemas do PT.
Lembram da martaxa? Estes oportunistas ainda estão na política.

Para combater a baixaria da imprensa e dos oportunistas, é que a gestão Haddad, além de governar com os tecnocratas que conhecem a pobreza nos livros, precisa continuar a visitar as comunidades e ouvir suas lideranças comunitárias.

Mais uma vez é preciso aprender com Lula.
Durante todo o período que foi presidente, sempre governou com ricos e pobres, doutores e sindicalistas, líderes comunitários e líderes empresariais. Além de governar com o povo, Lula sempre visitou os estados e as entidades sociais que fizeram parte da sua história.

Aos petistas de todo o Brasil e os que vivem no exterior,
é preciso manter acesa a chama da esperança por um Brasil melhor, digno e mais equilibrado.

Se o PIB continuar travando, vamos unificar o país para achar formas de a economia voltar a crescer e criar mais empregos.

Se a infraestrutura continuar ruim e morosa, vamos fazer uma grande campanha exigindo que haja agilidade na modernização da infraestrutura nacional, mesmo que tenhamos que aprender com a China e seu trem bala maior do mundo e suas ferrovias continentais.

Mas, tudo isto sem haver um bom investimento na criação e consolidação de um boa rede de comunicação para fazer alternativa a baixaria da imprensa reacionária, nossos esforços serão imensos e a sensação de frustração será diária. Eles querem quebrar nosso moral e nossa capacidade de trabalho.

A direita já conseguiu acabar com a Teologia da Libertação, agora quer acabar com o PT e depois tentará proibir a CUT de fazer política. Como Serra fez com o Sindicato dos Bancários de São Paulo durante a campanha eleitoral.

Fecham-se as cortinas de 2012, como dizia o locutor esportivo, abrem-se as cortinas de 2013.

Defender um Brasil digno não é responsabilidade só do PT,
é responsabilidade de todos os brasileiros. O tempo está a nosso favor.

Em 2013, o Sindicato dos Bancários de São Paulo completa 90 anos.
Em 2013, a CUT - Central Única dos Trabalhadores, completa 30 anos.
Em 2013, o PT completa 34 anos de existência e dez na presidência do Brasil.

Todos estes anos não foram em vão.
Fazemos parte desta história e temos orgulho de ter contribuído pelo crescimento e realização do Brasil.

Vamos recuperar a alegria de trabalhar por um Brasil melhor, e fazer todos os esforços para que nossos prefeitos e governantes mantenham o compromisso de governar com o povo, para o povo e sendo do povo.

Não precisamos de bonapartistas nem messiânicos.
Precisamos que todos contribuam com sua capacidade e boa vontade.

Um país rico e digno, é um país que tenha uma enorme classe média qualificada e participativa.

Que venha 2013!



Nenhum comentário:

Postar um comentário