quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Pão de Açúcar e o Vale Tudo

Klein pediu para Naouri tirar Abílio

“Em Paris, Klein chegou a sugerir a saída de Abilio do conselho. Naouri foi contra. Disse que Abilio ainda trazia muito à empresa e precisava ficar.”

Intervenção francesa no Pão de Açúcar e nas Casas Bahia. Agora não tem mais brasileiros “laranjas”, quem manda mesmo são os franceses.

E assim o Brasil vai se desfazendo da sua autonomia. Nossos empresários não têm projeto de soberania nacional nem autoestima multinacional. É uma tristeza.

Vejam a matéria do Valor de hoje:

Naouri terá dois executivos no conselho de Via Varejo


Valor - Por Adriana Mattos | De São Paulo – 29/11/2012

As mudanças anunciadas ontem no conselho de administração de Via Varejo, rede de eletroeletrônicos e móveis do Grupo Pão de Açucar (GPA), não foram uma troca de "seis por meia dúzia".

Na prática, a alteração resolve, de uma só vez, algumas questões para o Casino, dono do Pão de Açúcar. Jean-Charles Naouri, controlador de Casino e GPA, terá dois executivos de sua confiança no Brasil: Arnaud Strasser e Christophe José Hidalgo, vice-presidente do conselho de GPA e diretor financeiro do Pão de Açúcar, respectivamente.

Ambos estão no Brasil desde que Naouri assumiu o controle do Pão Açúcar.
Ao contrário do que fez quando indicou brasileiros para o conselho de GPA em junho, dessa vez Naouri indicou dois estrangeiros. A intenção é reforçar o trabalho para fazer a "virada" nos resultados da Via Varejo. A empresa fatura muito, mas o lucro é pequeno.

Strasser é conhecido pela aversão a gastos e pela personalidade espartana. Nesse momento, uma das principais discussões na companhia é a necessidade de uma redução forte nos custos. Um pente fino está sendo passado nas contas, inclusive, nos gastos dos sócios da varejista.

As mudanças não chegaram a causar incômodo em Abilio Diniz, que nos últimos meses vem negociando sua saída de GPA, levando consigo a Via Varejo. Saem do conselho de Via Varejo, para a entrada de Strasser e Hidalgo, Antonio Ramatis Fernandes Rodrigues (que se tornou presidente de Via Varejo neste mês) e o advogado Luis Antonio Semeghini de Souza.

Outra mudança deve ocorrer em breve e que reforçará a presença do Casino na Via Varejo. Strasser deverá se tornar vice-presidente de conselho de Via Varejo, apurou o Valor. Michael Klein é o atual presidente do conselho.

O tema das trocas no conselho foi discutido na reunião entre Klein e Naouri neste mês, em Paris. Klein foi favorável à mudança, entendida como positiva, porque são colocados no conselho executivos mais ligados à operação do negócio.

O Valor apurou que nessa conversa com Naouri, Klein chegou a sugerir a saída de Abilio do conselho. Naouri foi contra. Disse que Abilio ainda trazia muito à empresa e precisava ficar.

Segundo o comunicado do GPA, de ontem, também saíram do conselho de Via Varejo dois advogados (um deles, mais ligado à área de contencioso), indicados em maio pelo Pão de Açúcar e pela família Klein, ambos sócios da Via Varejo.

São eles: Ricardo Tepedino, indicados pelos Klein, com especialização na área de recuperação de empresas e contencioso, e Luis Antonio Semeghini de Souza, do Grupo Pão de Açúcar.

No lugar de Tepedino entrou Marcel Cecchi Vieira, sócio da Arion Capital. A alteração é um sinal de que prevaleceu agora a visão do Casino, que não queria colocar advogados no conselho.

Naouri quer agora buscar resultados na Via Varejo. Esta é a sua prioridade.

3 comentários:

  1. Sinceramente, pra mim tanto faz como tanto fez. Já dizia o velho: o capital não tem pátria.

    ResponderExcluir
  2. Faz muita diferença. Caso contrário não existiria imperialismo.
    Se cada país não proteger sua economia, como dizia o velho Rui Barbosa, não terá cultura nem língua própria.
    Já temos até "black friday", imagine o resto.

    Por isto que nossa direita quer acabar com LULA. Por que este fez mais pelo capitalismo brasileiro, do que a maioria dos empresários.

    Eh sina!

    ResponderExcluir
  3. A nossa "black friday" é diferente, Gilmar. É tudo pela metade do dobro do preço...

    ResponderExcluir