quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Hibiscos: Lembranças e Curiosidades

Vejam as flores e suas histórias

Desde quando eu comecei a mostrar as flores “Hibisco” que Vitor, um amigo, empreendedor do Centro Velho e baiano internacional, vem me contando que quando era criança em Salvador, o pessoal chamava esta flor de “graxeira’. Mas ele não sabia o por quê. Mesmo eu também sendo baiano, também não conhecia esta flor por este nome.

Ontem, quando eu contei o caso do livro de Cartier-Bresson e mostrei as flores, Vitor fez um comentário, todo alegre, por que tinha descoberto algo sobre os hibiscos e seus nomes variados, incluindo o de "graxeira". Vejam abaixo o que Vitor descobriu:

FLORES DE HIBISCOS CURIOSIDADES:

O Hibisco faz parte da gastronomia de muitos países africanos como, por exemplo, em Gâmbia é comum o uso de um chá, (o ?Wonjo?), feito com a folha do Hibisco.

Para os naturalistas ocidentais, usa-se fazer gelatina natural com o chá do hibisco adoçado. Sua tonalidade vermelha natural é usada na substituição de corantes químicos.

Houve uma época em que os estudantes, para economizar, lustravam os sapatos com as folhas do hibisco, deixando-os brilhando. Por isso, essas flores também eram popularmente conhecidas de graxa-de-sapato ou graxeira.

As flores do hibisco são utilizadas como indicador ácido-base e também são indicadas para estimular o anseio sexual feminino.

Para fins medicinais, o hibisco é ainda indicado como: hipotensor, diurético, laxante, antiespasmódico, adstringente, expectorante, protetor da mucosa estomacal, digestivo, fluidificante do suco biliar, entre outros.

O Hawai tem essas flores como seu símbolo,

lá existe cerca de cinco mil variedades de Hibisco.

08/08/2012 - Vitor (Caffè)

Agora vejam estes dois tipos de Hibiscos:

Estas lindas flores amarelas com o mar ao fundo



E esta raridade branca


Estas são de Trancoso, mas ainda tenho muitas flores hibiscos para mostrar para vocês. Inclusive de São Paulo.
E os Ipês da Rua Consolação estão florindo muito e querendo sair no blog.


Um comentário: