quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Clima Seco e Gripe

Parada forçada

Não sei como as plantas estão aguentando o clima tão seco, mas as pessoas estão ficando doente. A gripe me derrubou na segunda-feira e ontem, mesmo tendo que ir para Brasília, a gripe acompanhou-me dia e noite.

Com a gripe e a sinusite atacando para valer, não consegui nem pensar nem ter força física para sentar em frente ao computador e escrever uma mensagem para o dia de ontem.

Pela primeira vez ficamos sem matéria do dia. Mesmo quando viajo de férias deixo as matérias programadas. Mas nesta segunda-feira ao chegar em casa fui direto para cama.

Vim direto do aeroporto para o Centro. São Paulo continua com um trânsito infernal. Agora vou tentar, mesmo com a gripe, limpar os e-mails e escrever uma matéria leve.

Procurei os pés de Ipê floridos de Brasília, mas já tinham acabado.
Lá eles florescem mais cedo. Aqui os pês de Ipê amarelos estão cada vez mais floridos e os sabiás cada vez cantando mais, apesar da seca.

Para os amigos que acompanham meus textos, peço mil desculpas por não postar nada ontem, mas a doença é sempre uma surpresa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário