sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ipê da Rua Natingui

Esquina com a Fradique

Para quem passa de carro é possível ver o chão forrado de flores do ipê. Para quem passa devagar é possível olhar com calma e admirar a árvore florida. É mais fácil vê-la quando descemos a Rua Fradique Coutinho para chegar a Rua Natingui.

Vejam que belo pé de Ipê rosa, florido.



Para quem está dirigindo na Rua Natingui, atualmente é possível ver vários pés de Ipê floridos.

Vejam a copa florida deste Ipê.



A Esquina das Ruas Fradique com Natingui é muito perigosa. Não há semáforo e os carros forçam a travessia, ficando dependendo de os outros motoristas reduzirem a velocidade e dar passagem. Se é perigoso para os carros, imaginem para os pedestres. E ainda há uma escola pública perto da esquina. Onde passam muitas crianças e adolescentes.

Vejam a esquina verde, com suas placas.



Este final da Rua Fradique Coutinho é a parte mais florida e mais bonita da rua.

4 comentários:

  1. Em meio a tantas flores, nada melhor que comemorar a amizade.

    Por isso, um bom dia pra você, Gilmar Carneiro, um amigo fraterno.

    Antes que me esqueça, hoje, 20 de julho, é o Dia do Amigo no Estado de São Paulo, conforme Lei número 10.232, de 12 de março de 1999, sancionada pelo Governador Mário Covas.

    E que venham muitas flores a encantar o mundo, a amizade, a esperança...

    ResponderExcluir
  2. O interessante é que temos muitas cidades do interior (SP) que não tem belas alamedas como tem a capital. Abs. Fraterno.

    ResponderExcluir
  3. Este cara surtou, vivia falando de merdas do mercado financeiro e agora resolveu falar somente de flores...

    ResponderExcluir
  4. Deu no G1 da Globo:

    "Secretário diz que foi erro pedir desculpa à família de morto por PMs"

    "O Secretário da Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, disse nesta sexta-feira (20) que considera errada a postura do policial militar que pediu desculpas à família do Ricardo Prudente de Aquino, morto na noite de quarta-feira (18) por policiais durante uma abordagem."

    A truculência parece ser o paradigma que o secretário de segurança dos tucanos mais aprecia.

    Por ele, deve ser na base do mata e esfola e que se dane a família das vítimas.

    O policial que procurou a família teve uma postura de respeito e se apresentou para mostrar a cara da PM. E disse que a corporação deve procurar agir diferente.

    Pelo secretário, a PM deveria se afastar e deixar a dor da família sem nenhuma satisfação. Disse ele:
    ""A questão de desculpa eu acho que ela chega até a ser ridícula, bisonha, né?".

    Talvez o secretário precisa ouvir que ridículo e bisonha é a atitude da PM paulista.

    O vídeo que mostra o momento da abordagem, embora os faróis dos veículos envolvidos não permitam uma visão clara dos fatos, sugere que os tiros foram em sequência e sem nenhuma possibilidade de defesa para a vítima. O tempo decorrido entre a parada dos veículos e o fim da abordagem permitem essa interpretação. Basta ter paciência de assistir com calma e atenção.

    E o secretário perdeu uma boa oportunidade de ficar calado.

    Se fosse num estado administrado pelo PT a mídia já estaria cobrando impeachment do governador.

    Mas para os tucanos a permissividade é muito maior. Eles, os tucanos, podem tudo.

    ResponderExcluir