terça-feira, 5 de junho de 2012

Pão de Açúcar, a Folha e o Casino

Os mistérios da imprensa

A Folha, não sei porquê, adora publicar matérias sobre a compra do Pão de Açúcar pelo Casino. Hoje, mais uma vez a Folha deu destaque, mas não saiu nada no Estadão. Olhei no jornal Valor e também tem a matéria, afinal, o Jornal Valor é de propriedade da Folha com O Globo.

Mas, quando é com outras empresas a Folha não é tão ágil. Por que será?

Será que vamos ter que perguntar a Abílio Diniz?
Parece que as pessoas indicadas, tiveram cargos públicos na época de FHC. Será coincidência?

Vejam a matéria da Folha de hoje:

Casino indica mais 3 para o Pão de Açúcar

Ex-presidentes do BNDES e da Vivo e ex-embaixador no Japão farão parte do Conselho de Administração da rede
Varejista francesa assume neste mês o controle do grupo,
e Abilio Diniz terá seu poder restringido

TONI SCIARRETTA, JULIO WIZIACK, Folha de São Paulo, 05/06/2012

A menos de 20 dias de assumir o controle do Pão de Açúcar, o varejista francês Casino indicou ontem três novos nomes que farão parte do Conselho de Administração, instância máxima da varejista, em que terá maioria absoluta na tomada de decisões.

Chegam para o Conselho do Pão de Açúcar o ex-presidente do BNDES Eleazar de Carvalho Filho e o ex-embaixador do Brasil na China Luiz Augusto de Castro Neves, além de Roberto Oliveira de Lima, ex-presidente da Vivo e da Credicard.
No conselho, são decididas as principais estratégias e as metas, além de aprovado o orçamento para a rede.

Hoje, o conselho tem 14 membros -5 indicados por Abilio Diniz, atual controlador do grupo; 5 pelo Casino; e 4 independentes, de comum acordo.
A partir do dia 22, o Casino terá o direito de indicar mais 3 conselheiros, passando a ter 8 assentos; Abilio terá só 3; e haverá 4 independentes.

Mesmo com a mudança no comando, Abilio segue como presidente do Conselho, onde tem assento vitalício, mas com poder mais restrito de decisão.
O Casino sustenta que não pretende mexer na equipe que toca o dia a dia do Pão de Açúcar, que é da confiança de Abilio.

Investidores do mercado de capitais, no entanto, cobram do Casino que sinalize com mais precisão se haverá mudanças no quadro de executivos e na gestão da rede.
Em nota, o Casino destacou a preferência por nomear brasileiros para o Conselho. O grupo francês poderia ter indicado executivos ligados à matriz.
"A decisão de nomear brasileiros altamente respeitados e experientes está em linha com sua visão de que brasileiros devem continuar a exercer um papel-chave na administração e na governança do Pão de Açúcar."

PERFIS

Além de presidir o BNDES, Eleazar de Carvalho Filho trabalhou no Unibanco e no suíço UBS.
Castro Neves foi embaixador no Japão e presidiu o Conselho de Administração da Itaipu Binacional.
Roberto Lima também participa do Conselho de Administração da Natura, da Telefônica do Brasil, da Rodobens e da Edenred.

A eleição dos executivos para o Conselho de Administração deve ocorrer na assembleia de acionistas do grupo varejista, prevista para o dia 22 de junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário