quarta-feira, 13 de junho de 2012

Dedé Morreu...

Nós perdemos um amigo

Nesta quarta-feira pela manhã, quando cheguei ao local de trabalho, Dona Vera,a copeira, veio mostrar-me uma foto de um jovem deitado num sofá. Ela disse-me que era Dedé e que ele chegara à Portaria do Sindicato e pediu ajuda por que estava passando mal.

À tarde, quando estava em reunião com Flávio, da Bancred, e Luis Claudio Marcolino, nosso Deputado Estadual, recebemos o torpedo:

“Lamentamos informar que o cantor, Dedé Passos, que esteve durante anos em muitas atividades de rua, sofreu um infarto hoje e faleceu”.

Às 16h, quando voltei da reunião e religuei o computador, estava a mensagem de Nelson Canesin, nosso grande amigo e militante histórico:

“Gilmar
Como vc deve saber, o Dedé Passos morreu hoje.
Passou antes das 7 da manhã no Sindicato, entrou e sentou no sofá dizendo que estava sentindo dor no peito, caiu e teve um infarto fulminante.
Ele tem uma longa história com a gente.
Muitas e muitas greves e manifestações.
E, curioso, morreu justamente dentro do Sindicato. Que coisa!
Não seria legal uma homenagem a ele no seu blog?
Nelson Canesin”

Como não prestar uma homenagem a DEDÉ?

No final da década de 80 e início de 90, quando eu estava na presidência do Sindicato dos Bancários e sempre em atividades de rua, pressionando os bancos por melhores salários e condições de trabalho, sempre Dedé aparecia para cantar junto com a nossa Bandinha...

Muita gente gostava de Dedé
, pelo seu jeito “jocoso de cantar”, “desbundado”, mas, profundamente humano e simpático. Alguns, mais moralistas, não gostavam.

Por exemplo, existia uma Agência do BIC Banco, que tinha um gerente carequinha que criava problema com o Sindicato. Quando a Bandinha ia passando com nossa mini passeata, parávamos em frente à agência e Dedé cantava “Ele é o enviado” e todo mundo ria ao ouvir Dedé chamar o gerente de en...viado. Com o tempo o gerente ficou bonzinho e parou de dar problema.

Este era o Dedé.
Quando não cantava com o Sindicato, ele cantava sozinho, simulando um som com o microfone desligado. E todos riam do seu cantar.

Hoje, Dedé morreu.

Poderia ser qualquer um de nós. Ele tem a mesma idade da maioria dos nossos diretores e funcionários do Sindicato.

São Paulo perdeu um cantor de rua.
O Centro de São Paulo perdeu uma figura folclórica. E nós perdemos um pedaço de nossa história. Perdemos também um amigo.

Que Deus receba Dedé e o envie para acalmar as almas sofridas dos fura-greves, chupa-ovos e dos banqueiros que nos deram tanto trabalho nestes anos de greves no Centro Velho de São Paulo.

Todos nós teremos o nosso dia de partir. Hoje foi o dia de Dedé.

Pensei em reproduzir uma música que Dedé cantava.
Pensei e pensei, mas cheguei a conclusão que a música que melhor simboliza Dedé é esta cantada pela nossa Divina:

Elis Regina O Bebado e A Equilibrista



Se 2.218.946 pessoas já ouviram esta versão, com certeza, acrescentaremos mais alguns milhares...

26 comentários:

  1. Dedé Passos, a bandinha do Peru, e muitas atividades nas agencias do centro velho,operações fecha-banco no final do expediente... bons tempos.
    Que a terra lhe seja leve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  2. A maior parte da minha trajetória como bancário em São Pulo foi no antigo Unibanco Patriarca. Em todas as greves, desde 1988 até 2005, tinhamos o Dedé Passos por perto. Realmente, muitos não gostavam, mas, era uma figura que se confundia com a do Sindicato dos Bancários de São Paulo.
    Hoje eu passei pela sede do SEEB e soube da notícia.
    Abraço, Gilmar!

    Reginaldo Batista - CUT Nacional

    ResponderExcluir
  3. Tive o prazer de ver as "performances" do Dedé duas ou três vezes. São Paulo ficou mais triste. Todos nós ficamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  4. Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  5. Elias Cardoso de Morais.13 de junho de 2012 18:15

    Com certeza o Dedé vai fazer muita falta para as atividades do nosso Sindicato. Ha muito tempo qdo eu ainda estava no Bco Bandeirantes poderiamos vê-lo lá de cima cantando para nós. Que seu Espírito se encha de luz e continue a nos ajudar.
    Elias Cardoso de Morais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  6. Nego Veio,
    Dedé Passos vai fazer falta. Que Deus o tenha!
    Creio que a FB vá noticiar a partida do nosso artista mambembe.
    Aproveitemos a Banda do Peru!!!
    Frater,
    Zé Roberto Barboza

    ResponderExcluir
  7. Eliane Villar - 14 de junho de 2012 9:33

    Gilmar, com seu blog sonseguiu trazer o Déde tão perto.

    Obrigada Déde e obrigada Gilmar.

    ResponderExcluir
  8. Atividades na década de 80 e 90 sem a banda do Peru e Dedé no Unibanco não tinha graça nenhuma!!!! Eu ontem senti muito com a notícia, pois encontrava o Dedé todos os dias aqui nas ruas do Centro, até ontem com megafone trabalhando para arrumar uns trocados e ele me disse que sairia candidato a vereador neste ano e não via a hora de distribuir santinho. Vá com DEUS Dedé e faça a festa no Céu!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  9. Gilmar, o Dedé Passos fez muita diferença nas greves da categoria, e, em especial as do BANERJ, com seu humor irreverente, a sua alegria esteve sempre presente naqueles tempos difíceis, amenizando as dificuldades e encantando os nossos corações. A sua passagem pela Terra foi breve e deixa saudades, foi um espírito iluminado pela música e que continue assim, em outra dimensão. Que encontre a Paz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRIBUTO A DEDÉ PASSOS ETERNO MC ANÃO !
      https://www.facebook.com/fabio.passos.587/videos/918062694908138/

      Excluir
  10. Jackeline Machado14 de junho de 2012 11:01

    Instigante: Dedé preencheu algum momento das nossas (muitas) vidas com alegria - embora sua própria vida nos era um desafio para compreender nossas contradições. A presença de sua pessoa foi e (para mim) será muito marcante, como alguém que demonstrava nas suas atitudes uma fé tamanha na vida, que era até desconcertante.
    Grata, Dedé

    ResponderExcluir
  11. Gilmar

    Quando fiquei sabendo do Dedé, voltei ao passado e lembrei dos velhos e bons tempos. E realmente o Dedé foi uma figura marcante na época, com certeza deixou sua "marca" na categoria bancária e nas ruas do Centro Velho e novo de São Paulo. Acredito que com sua Irreverência fez muita gente sorri.

    "É isso aí Dedé, vc fez a diferença, não importa como"

    Sueli - CSA

    ResponderExcluir
  12. Gostava muito do Dedé!
    Gilmar eu já te falei que te amooooo?

    ResponderExcluir
  13. Vai fazer muita falta...

    ResponderExcluir
  14. Falava com uma amiga sobre Dedé, exatamente no dia 13, de como ele trazia alegria pro centrão. Sempre quís conversar com ele, tê-lo conhecido mais de perto. Sampa perdeu uma de suas mais felizes figuras...Vá em Paz, Dedé!!

    ResponderExcluir
  15. Falava com uma amiga sobre Dedé, exatamente no dia 13, de como ele trazia alegria pro centrão. Sempre quís conversar com ele, tê-lo conhecido mais de perto. Sampa perdeu uma de suas mais felizes figuras...Vá em Paz, Dedé!!

    ResponderExcluir
  16. Somente hoje pude ver esta matéria..

    Perdemos um pouco da alegria do centro de São Paulo...

    ResponderExcluir
  17. Gilmar soube hoje sobre o ocorrido e como vc mesmo disse poderia ser com qualquer um de nós. Só nos resta lembrar com alegria do Dedé e desejar que ele este bem onde estiver. Legal que você o mencionou aqui. Assim ele não é mais um esquecido. Parabéns pela atitude. MÔnica Corrêa Alves - ex Beron

    ResponderExcluir
  18. Nossa fiquei sabendo hoje e fiquei muito triste ,ele fez muito de nós sorrir,no momento de luta contra os banqueiros,levando alegria aos militantes e trabalhadores no momento de briga por igualdade ,salários mais juntos para nossa classe bancária.
    Adorei a matéria .Gilmar vc sempre muito sensato.
    Daniela Santana

    ResponderExcluir
  19. oi estou triste de saber só agora e desse jeito, meu nome é viviana sperandio sou de santa teresa es e sou sobrinha do dedé passos e minha familia só soube agora.por favor se alguem pudesse entrar em contato para nos esclarecer o que aconteceu e como? apesar de tudo o que me conforta são essa mensagens que li de carinho. muito obrigada

    ResponderExcluir
  20. Fiquei muito chateado com o falecimento do Dede Passos,ele foi uma figura que eu sempre respeitei muito, a muitos anos foi quando ele começou a andar na cidade eu o admitir como meu office boy, trabalhou comigo uns seis anos sempre feliz e o primeiro microfone de verdade foi eu que lhe dei era todo dourado, mas ele só o usava sem fio sem nada era com a sua voz mesmo que ele cantava. Quando eu precisava de algum documento urgente eu pedia a ele para ir buscar, porque ele ia cantando na rua bem alto e entrava no escritório para retirar o documento as pessoas entregavam logo para ele ir embora, portanto ele voltava logo, mas todos o adoravam, nos nos fins de semana eu chamava ele e nos brincavamos de calouros, meus filhos eram jurados e eu apresentador, era maior barato. Enfim ele nos deixou, espero que esteja em paz lá no céu. .... não vou esquece-lo nunca e minha família.

    ResponderExcluir