quarta-feira, 9 de maio de 2012

Senegal, Iraque e muito mais

65 países dialogando com o blog

Aos poucos as pessoas dos mais variados países vão acessando este blog.
Como eu noticio a chegada de cada país novo, o pessoal acha graça e me pergunta “por que será que o pessoal acessa o blog”. Confesso que também fico imaginando. Penso que, em muitos casos, são brasileiros ou pesquisadores. Mas, como tem a tradução para todas as línguas, imagino também que ao procurarem certos assuntos, acabam entrando no blog.

Os brasileiros ouvem muitas músicas falando de Senegal e veem muito na TV e nos jornais, as notícias sobre o Iraque. São dois países históricos, com muita coisa para contar e mostrar ao mundo.

Nestes últimos dias, talvez em função das eleições na França e da crise da Espanha, velhos amigos voltaram a visitar o blog. Gente das Filipinas, Ucrânia, China, Portugal, Espanha, Japão, Rússia, Argentina, Reino Unido, Uruguai, Canadá, França, Alemanha e Estados Unidos. Uma festa!

Como posso retribuir a tanta atenção ao blog?
Mostrando mais fotos de flores, juntando uma música e falando de coisas que possam ajudar a construir um mundo melhor.

Por falar em mundo melhor, no mês passado, nossa vizinha da frente, que é portuguesa, completou 93 anos de vida. Uma história maravilhosa para todos nós. Uma casa, numa rua de uma cidade de Portugal, as pessoas se reuniram e dezenas de pessoas decidiram vir morar em São Paulo.

Hoje, nossa mãe completa 89 anos, descendente de portugueses, também tem muitas histórias para contar. E, de longe, que podemos fazer além de telefonar para dar parabéns? Falar um pouco destas pessoas do Brasil e de todos os continentes, que tem tantas histórias para contar, além de mostrar fotos de flores e juntar algumas músicas.

Vejam esta foto da orquídea, que voltou a florir no quintal e,ao ser transferida para a sala, faz companhia para o vaso confeccionado por uma japonesa que também veio para São Paulo e hoje é uma grande ceramista. Juntar-se também ao vaso branco, com escrita em japonês, e ao porta-objetos confeccionado por uma artista plástica que morou na Itália e voltou para São Paulo.

Tudo isto numa foto tirada no dia do segundo turno das eleições,
quando a França voltou a sorrir.



Agora ouçam Carmem Miranda, nossa portuguesinha,
cantando “O que é que a baiana tem?”

Nenhum comentário:

Postar um comentário