quarta-feira, 23 de maio de 2012

Santander 70 países querem notícias

Todo mundo quer saber

Chegamos a 70 países consultando nosso Blog.

Nestes dias foram pessoas de BAHAMAS, da INDONÉSIA, de OMÃ.
Novos países e novas curiosidades, talvez, novas esperanças.

Gente da Ucrânia, de Angola, da Dinamarca, da Índia, do Uruguai, da Suíça, de Israel, de Hong Kong, do Japão, da China e da Rússia. Gente de todos os continentes se preocupa com a Europa, com a Espanha, a Itália e a Grécia.

Será que o Euro está “desmanchando-se”?

Ou será que os Bancos estão estrangulando as democracias para reduzir o Estado de Bem Estar Social?
Só sabemos que há uma angústia coletiva e um grande sofrimento na Europa.

Quando hoje sai, num grande jornal do Brasil, como o Estadão, que o Banco do Brasil pode comprar até 49% do Banco Santander Brasil, milhares de pessoas de vários países acessam o blog.
O Banco se cala, o Banco Central do Brasil se cala.
E o silêncio não é o melhor remédio...

Este blog não quer fazer sucesso em função do sofrimento do Santander Brasil.
Este blog pretende falar mais das flores e das músicas do que da violência em São Paulo, do apagão no transporte ou da CPI de Cachoeira.

Ao completar 70 países acessando este blog, ouvi no som do carro pela manhã,
uma música argentina, cantada por Caetano Veloso, em espanhol.
Esta música Caetano já cantou na Espanha, num show e foi muito aplaudido.

Vejam que delicadeza:

Vete de mi – Caetano Veloso



Se a Terra é nossa Pátria, sofremos com a Espanha
Nos angustiamos com os 55 mil funcionários do Santander no Brasil
E olhamos as flores
Na esperança de dias melhores
Cantando com os latinos

Como dizem os compositores de “Vete de mi”:


No te detengas a mirar
Las ramas muertas del rosal
Que se marchitan sin dar flor
Mira el paisaje del amor
Que es la razón para sonar y amar.

Um comentário:

  1. Pô, Gilmar, dizia Paulo Francis "triste um país que tem Caetano Veloso como expressão cultural". O cara está cada vez mais parecido com o FHC (bocarra, cabelo e idéias, credo, vai-te).E como vc pode esporrar o movimento sindical, a sua casa, de estar na moita sobre a questão do Santander. Peloamordedeus, cara, pegou mal, pq na internet é transparencia total. A gente rala para caralho para enfrentar esse noticiário e vc diz que estamos na moita. A tigrada está enfurecida. Na assembléia de acionista, a Afubesp e o Sindicato tiveram a coragem de tocar o dedo na ferida e cobrar o Marcial Portela. A Juvandia (presidenta do Sindicato) e a Rita Berlofa cobram explicações dos espanhóis. Além disso, dar vazão a boatos na imprensa nunca foi a nossa nota porque vai saber o que rola por trás. Por exemplo, a SR é casada com um executivo da Racional e só planta fofocas que produzem especulações. Desconfio, sempre. Na dúvida, não leia o jornal dos patrões, leia a Folha Bancária. abraços

    ResponderExcluir