terça-feira, 1 de maio de 2012

Passamos dos 50 mil acessos

E de 62 países

Hoje é primeiro de maio.
Este blog completa 13 meses no dia 5 de maio.
Mas já passamos de 50 mil acessos e de 62 países.
Gente de todos os Continentes, de todas as etnias e de todas as línguas e religiões já acessou este blog.

Os últimos foram das Ilhas Cayman, Ilha de MAN, Peru, Equador, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Sri Lanka, Nigéria, Noruega, México, Argélia e Chipre. Todos neste ano de 2012.

É claro que ver gente dos Estados Unidos acessarem mais de 6 mil vezes, é muito bom!
Mais de 1.700 vezes da Alemanha, mais de 500 vezes de Portugal e mais de 200 vezes da Suíça, Reino Unido, França e Canadá, também é muito bom.
Mas eu gosto muito de ver todos os países. Afinal, a Terra é a nossa Pátria!

Especialmente agora, nesta semana, neste mês de maio que começa hoje, e neste Domingo, dia 6, que se aproxima, ver a “França voltar a Sorrir” é muito bom.
Criar novas esperanças para a Europa e para o Mundo.
Voltar a ver “as pessoas em primeiro lugar”, em detrimento dos interesses financeiros e empresariais.

Eu queria falar mais das coisas boas do que das coisas ruins.
Falar mais das belezas da Espanha, da sua História, da sua Música e da sua Dança.
Mas, ultimamente tenho falado mais do Banco Santander e da Doença Espanhola, com recessão, desemprego e falta de perspectiva.

Mas a dor existe, como existem as flores e as músicas.
A vida sempre tem seu lado bom e seu lado ruim. Para que uns sorriam, muitas vezes, outros precisam chorar.
Quando vejo um filho de imigrante húngaro, falar contra os imigrantes atuais, fico envergonhado.

O que seria dos países, se não recebessem ninguém para compartilhar seu mundo.
Se soubermos compartilhar nossos esforços e nossas benesses, diminuiremos os riscos das guerras e das invasões.

Todos os países da Terra já passaram por guerras e invasões. Os Estados Unidos e o Brasil são países de imigrantes. Os povos nativos foram dizimados. A França é um país misturado. Gauleses, Visigodos, Ostrogodos, Romanos e tantos outros, inclusive germânicos e judeus.

Como estas pequenas flores da entrada da nossa casa,
o mundo precisa de humildade.



Já estas lindas flores, têm nome sugestivo: “Lágrimas de Cristo”.
Mas, apesar do nome triste, elas são muito belas.



E estas flores tradicionais, as “mariaizinhas”, brotam do chão,
sobrevivendo à chuva, ao calor e à falta de adubos.
Elas são como o povo simples,
que sempre volta em busca de paz e prosperidade.


Eu espero chegar aos 100 mil acessos,
comemorando à Recuperação da Esperança e da Solidariedade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário