quarta-feira, 23 de maio de 2012

Folha falha com a Verdade

Guerra Eleitoral e Metrô

A Folha continua sua “Guerra Eleitoral” em campanha para Serra e os tucanos.
Como já aconteceu outras vezes, a Folha de hoje, mostra no Painel que pediu auxílio ao governador de São Paulo sobre os investimentos em trens e metrô de São Paulo.

Pelo jeito a Folha não conseguiu sistematizar os números de forma que protegesse os governos tucanos e aí pediu ajuda ao governador.

Mantenho o pedido para a Folha contestar os números apresentados pelo Deputado Estadual Luiz Claudio Marcolino ou reconhê-los. Marcolino apresentou os números antes da matéria-propaganda que a Folha publicou no último dia 20.

Vejam as notas do Painel de hoje e meu desafio publicado no dia 20:

Painel da Folha SP – 23/05/2012 - Vera Magalhães


Dobradinha 1
O PT reunirá Fernando Haddad e Marta Suplicy em novo evento eivado de apelo eleitoral. Ambos participarão na próxima segunda de seminário de deputados estaduais sobre mobilidade urbana, tema que virou prioridade no QG petista.

Dobradinha 2
Geraldo Alckmin pediu a assessores mapa pormenorizado de investimentos em trens e metrô desde 1994.
O tucano insistirá em números para se defender e municiar José Serra.

Agora vejam a abordagem do dia 20:

Folha - Mentiras e Verdades

Guerra Eleitoral e no Metrô

Blog Gilmar Carneiro – 20 de maio de 2012.

O que leva uma pessoa ou uma empresa a repetir no erro, mesmo quando isto gera prejuízo?

A Folha de São Paulo teve papel relevante na redemocratização do Brasil, foi importante na campanha pelas Diretas Já! Com a redemocratização, este jornal fez a opção pelo neoliberalismo na economia e pela manipulação da informação na política. Publicando mais versões do que fatos.

Para nós, que somos leitores assíduos, dá uma dor no coração. É como se um parente nosso descambasse para a marginalidade. Ser neoliberal não é crime, mas manipular sistematicamente as informações é uma “esperteza” quase que criminosa.

Os militantes mais duros, sempre riem de mim por que continuo assinante da Folha e do Estadão. Dizem que sou masoquista. Mas, com a criação do blog, creio que acabo contribuindo para democratizar o debate sobre a imprensa no Brasil.

Sou um petista covista e montorista, sou defensor da Igreja e tive participação ativa com os militantes das Comunidades de Base e das Pastorais da Igreja Católica na época da Teologia da Libertação. Quando fui eleito presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, fiz questão de convidar Mario Covas para nossa posse e ele compareceu e fez uso do microfone, saudando nossa vitória.

Sou contra os neoliberais, sejam eles do PSDB ou do DEM. Não sou contra os tucanos verdadeiramente sociais-democratas. Portanto, a guerra eleitoral não é entre petistas e tucanos.
A disputa eleitoral em São Paulo é entre um projeto inclusivo para toda a população, contra um projeto elitista, que acha que “os pobres sabem qual é seu lugar”.

Mas a Folha, que é serrista, voltou a apelar depois do acidente com o Metrô de São Paulo.
Na edição deste Domingo, dia 20, na página A14, o jornal apresenta uma pagina inteira sobre a “Guerra nos Transportes”, onde é evidente a cobertura pró-Serra/Alckmin. Nos textos, no tamanho dos retângulos, nas citações, etc.

O jornal, quando quer, é o maior investigador do Brasil,
mas, quando não quer, faz de conta que não sabe.

Quero ver a Folha MOSTRAR se são verdadeiros ou não, os números que a assessoria do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo apresentou. Tanto o deputado federal Zaratini, como o Deputado Estadual, Luis Claudio Marcolino, apresentaram os números como eu divulguei estes números no dia 18 de maio, passado.

A Folha, além de ignorá-los conscientemente, ainda destacou a declaração de Alckmin: “Lamento profundamente que a política venha para essa baixeza eleitoral, de tirar casquinha de quem NÃO CONTRIBUI. Não tem UM CENTAVO do PT no metrô e em trem em São Paulo”.

Declaração mentirosa, vergonhosa e mais vergonhoso ainda é a Folha reproduzi-la a exaustão.

Não há dinheiro do PT, mas há muito dinheiro da ADMINISTRAÇÃO PETISTA no Governo Federal. Muito mais dinheiro do que FHC e Malan repassaram para o Metrô.

Volto a reproduzir a matéria enviada pelo Deputado Estadual Marcolino,
inclusive dando os parabéns pelo aniversário hoje, deste parlamentar que está fazendo um mandato bem acima da média dos políticos brasileiros. Já foi um ótimo sindicalista e está sendo um ótimo parlamentar.
Quem sabe, a Folha devesse ouvi-lo mais vezes.

Mentiras e Verdades sobre o Metrô
Blog de 18 de Maio de 2012.
Deputado Marcolino mostra os números

Nenhum comentário:

Postar um comentário