segunda-feira, 30 de abril de 2012

Santander Rebaixado!

Pela Standard & Poor’s

Extra! Extra!
Direto do jornal El País, principal jornal da Espanha:

Standard & Poor's rebaja la calificación a más de 10 entidades españolas

Entre la entidades que se han visto afectadas por la decisión de la agencia de calificación
se encuentran el Santander y el BBVA
Agencia EP Madrid 30 ABR 2012 - 09:01 CET115 - El País

Standard & Poor's ha revisado el rating de más de 10 entidades financieras españolas, entre ellas BBVA y Santander, a las que se suman otras como Sabadell, Ibercaja, Popular, Bankinter o Bankia. Además, ha revisado la perspectiva de otros bancos a negativa. Esta revisión se produce después de que la agencia de calificación rebajara la pasada semana en dos escalones el rating de España desde A/A-1 a BBB+/A-2 al entender que existen "riesgos significativos con respecto al crecimiento económico y a la ejecución presupuestaria", algo que podría repercutir negativamente en la calidad crediticia de España.

La rebaja de calificación a los bancos españoles se suma además a otras noticias que sembraron dudas la semana pasada sobre los balances de algunas de estas entidades, como el informe del FMI que alertaba del riesgo de una morosidad “oculta” debido a la tolerancia de bancos y cajas con las refinanciaciones.

más información

• S&P rebaja dos peldaños la deuda española ante las dudas sobre la banca
• El FMI alerta sobre la morosidad oculta de la banca española

La agencia de calificación ha emitido esta mañana un comunicado en el que justifica la nueva rebaja de rating a la banca española. "La rebaja de calificación soberana tiene implicaciones directas negativas en las calificaciones para los bancos", señala.

A Santander y Banesto los degrada de A+ a A-.
A BBVA lo sitúa en el escalón de riesgo BBB+, uno por debajo del que hasta ahora le correspondía (A).
Del mismo modo, Sabadell pasa a tener una calificación de riesgo de BB+, frente al BBB- anterior.
Bankinter, Ibercaja y Kutxabank tienen ahora la nota BBB-, y Barclays, BBB+. Además, ha revisado a "negativa" la perspectiva de otras entidades.

4 comentários:

  1. Mesmo rebaixado é o Banco com a melhor nota na Zona do Euro enquanto o ItaúBBVA está mal .

    ResponderExcluir
  2. Hj o Presidente do Banco Central Espanhol pede demissão , e os acionistas do Santander na Espanha já se uniram contra qualquer que seja a posição para ir contra venda de qualquer participação na América Latina .

    ResponderExcluir
  3. Botín diz que fica

    Presidente mundial do Santander afirma que o Brasil é estratégico para os planos do banco espanhol.

    Por Cláudio GRADILONE










    O aprofundamento da crise espanhola nas últimas semanas lançou uma sombra sobre o sistema financeiro da Espanha. Na segunda-feira 30 de abril, a agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixou a nota de 11 bancos locais. A justificativa foram os números magros do crescimento econômico e a dificuldade cada vez maior do governo para implantar as medidas de austeridade fiscal. O apertar no torniquete dos gastos deverá provocar, segundo cálculos oficiais enviados à Comissão Europeia, uma contração de 1,7% na economia, neste ano, e um crescimento de apenas 0,2% em 2013. O desemprego crescente eleva os riscos de um aumento da inadimplência, algo fatal para os resultados do setor.




    Emilio Botín: investimento na educação mostra compromisso de longo prazo com o Brasil.



    As palavras “pacote de socorro” foram pronunciadas com uma frequência desconfortável por economistas e profissionais de mercado. Nesse cenário de incertezas, os números do Santander não foram exceção. A necessidade de sanear as combalidas carteiras de financiamentos imobiliários provocou uma queda de 24% nos resultados do primeiro trimestre, que encolheram para € 1,6 bilhão. No fim de abril, o banco havia anunciado a intenção de abrir o capital de sua subsidiária mexicana, vendendo 25% das ações no mercado local. Tantas notícias ruins dispararam uma onda de boatos de que o Santander estaria vendendo suas operações no Brasil.



    Esses rumores foram descartados por Emilio Botín, presidente do conselho de administração do banco, em passagem pelo Brasil na terça-feira 1º. “Este país tem cada vez mais importância para o Grupo Santander”, disse ele à DINHEIRO após uma reunião com reitores universitários em São Paulo. “Temos uma grande oportunidade por aqui.” Dias antes, ao divulgar os resultados do primeiro trimestre de 2012, Marcial Portela, presidente da subsidiária brasileira, afirmara que o Santander tem apetite para aquisições. “Estamos procurando o que comprar, mas não achamos ativos de boa qualidade a preços razoáveis”, disse. “Nossa operação é sólida, e os resultados estão ganhando importância dentro do grupo.”

    ResponderExcluir
  4. QUEM FOI ELEITO O MELHOR BANCO DO MUNDO EM 2012 PELA EUROMONEY , QUEM É O BANCO MAIS CAPITALIZADO NO PAÍS , QUEM O FMI RECOMENDA , QUEM NÃO NECESSITOU DE AJUDA MESMO NA CRISE ESPANHOLA .... SANTANDER , VCS QUEREM FALAR MAIS O QUE !!!!

    ResponderExcluir