quinta-feira, 8 de março de 2012

Violetas e Travessias

A vida com flores e música é mais agradável.

Passarão o Céu e a Terra, mas a vida continuará com suas histórias.
Da mesma forma que comemoramos o Natal, o Ano Novo e nossos aniversários, também comemoramos o Dia das Mulheres.
Tão elementar e tão necessário. Isto mesmo, ainda é necessário reforçar a importância das mulheres.

É claro que vai chegar o dia em que as mulheres serão efetivamente respeitadas com tanta naturalidade que esqueceremos que elas já foram tratadas como escravas e objetos. Faz parte da História.
Este é um dos motivos que respeito as datas comemorativas, como as festas religiosas e dos povos.

Desde quando começamos este blog, temos divulgado muitas fotos de flores, mas, entre todas elas, as que mais aparecem são as rosas, as mariazinhas e as violetas.
Para hoje, tinha pensado em mostrar rosas, depois mudei de ideia quando eu vi as fotos das violetas do nosso jardim.

Vejam estas flores da Violeta que fica sob os pés de bambus do corredor da nossa casa.


Femininas, charmosas e sempre lembrando que elas precisam ser respeitadas, cuidadas e valorizadas. Por mais que a beleza seja natural, as pessoas precisam saber se relacionar com ela.

Da mesma forma que, lembrar de músicas relacionadas às mulheres, sempre nos trás lembranças das músicas de Chico Buarque, para nós e nossa vida familiar, as músicas de Milton Nascimento, Nara Leão e Elis Regina trazem também muitas boas lembranças.

Dentre todas as músicas, tem uma que lembra momentos marcantes. Lembra uma travessia da vida de solteiro para a vida de casado. Duas vidas que, no próximo mês de abril, completa trinta e três anos construindo algo novo.

A primeira posse da reconquista do Sindicato dos Bancários de São Paulo, foi no dia 08 de março de 1979, marcando a reconquista do espaço libertador. E graças a estes combativos companheiros sindicalistas, no dia 21 de abril de 1979 conheci àquela que me ajuda na travessia da vida.

E a vida com flores e música é mais agradável.
Milton Nascimento e Wagner Tiso - Travessia


Nenhum comentário:

Postar um comentário