segunda-feira, 26 de março de 2012

Serra teve apenas 3.176 votos

A montanha pariu um rato

Apesar da ampla campanha da UOL, dos jornais, das rádios e TVs,
Serra teve apenas 3.176 votos, representando 52% dos votantes.

O que significa que:
ou o PSDB tem poucos filiados,
ou eles não foram votar na prévia.

A campanha na UOL e na imprensa continua. Muitas fotos e textos de campanha. Parece a época de Collor na Globo.
Já estão até querendo ir buscar Henrique Meirelles para colocar como vice. Sinal de que não estão convencidos da vitória de Serra.
Para Meirelles pode ser uma oportunidade de virar prefeito, já que Serra começa mas renuncia, não acabando os mandatos.

Vejam parte do material de campanha da UOL:

Após prévias, PSDB mira agora unidade e alianças

Mário Rossit - Do UOL, em São Paulo – 26/03/12

O ex-governador saiu vencedor das eleições internas do PSDB, realizadas neste domingo (25). Serra bateu o secretário do Estado de Energia, José Aníbal, 59, e o deputado federal Ricardo Tripoli, 59.

No total, 6.229 filiados tucanos votaram.

Serra teve 52% dos votos (3.176),
Aníba teve 31,2% (1.902)votos e
Trípoli teve 16,7% (1.018)votos.

Mais sobre as prévias

Semeghini nega que a votação dos dois adversários de Serra, que juntos somam quase a metade do total, seja um indicativo de que o partido está rachado."Havia três candidatos e a votação no final foi normal", diz. Segundo Semeghini, o PSD, do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o DEM, o PSB e o PP são parceiros "naturais".

Alckmin fez coro com Semeghini. Segundo o governador, não há divisão interna e o partido agora tem de buscar firmar coligações. "Agora é necessária a construção da aliança entre os partidos", afirma.

O secretário Bruno Covas (Ambiente) --que era uma dos que participava do processo de prévias, mas desistiu assim que Serra anunciou a candidatura-- também afina o discurso pela pela unidade partidária e, posteriormente, a busca por alianças. "Agora temos um candidato só e temos até junho para definir essas alianças", afirma. Ele cita o DEM, o PPS e o PP como possíveis aliados na eleição de outubro.

Prévias
O processo de prévias no PSDB começou no ano passado, mas a entrada de Serra na disputa ocorreu de última hora, em 27 de fevereiro. Aníbal, Tripoli, Covas (Meio Ambiente) e o secretário estadual Andrea Matarazzo (Cultura) disputavam a indicação do partido. Assim que Serra entrou nas prévias, Covas e Matarazzo deixaram a disputa e Serra herdou a maioria dos votos dos dois secretários.

Quando anunciou o ingresso na disputa interna do PSDB, Serra afirmou que sua intenção como candidato era conter o avanço do PT no país. Desde o começo, ele adotou a estratégia de discutir temas nacionais, em detrimento dos assuntos diretamente relacionados à capital. Fez, inclusive, ataques, por meio de artigo publicado no jornal "O Estado de S.Paulo", ao candidato do PT, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad e à poítica educacional do governo federal.

2 comentários:

  1. Atenção:
    - Fui informado de que o PSDB tinha 20.500 filiados paulistanos habilitados a votar na Prévia.
    - Donde se conclui que Serra teve apenas 15,5% de votos dos filiados da capital paulista.
    - Apesar do apoio da Imprensa, a votação foi uma decepção.

    ResponderExcluir
  2. E ele continua com sua mania de só falar de temas nacionais quando "parece" ser candidato à prefeitura da cidade de SP. Não muda o disco e ele vai ficar arranhnado.

    ResponderExcluir