terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Portinari - Guerra e Paz sob chuva

Filas de famílias para ver a exposição

Neste domingo também choveu em São Paulo. Pela manhã choveu fino e depois parou. Além de tirar fotos das flores sob a chuva, quando a chuva parou aproveitamos para fazer nossa caminhada matinal no Parque Vila Lobos. Quando voltamos, enquanto preparávamos o almoço, a chuva também voltou.

Aproveitando a paz trazida pela chuva, resolvemos ir ver a Exposição dos Painéis de Portinari no Memorial da América Latina. As famílias chegavam com guarda-chuva, procurando acolher todos num mesmo espaço. Alguns vieram com capas! A fila era enorme, mas a área era coberta e ninguém se molhava. Os idosos e as crianças pequenas passavam na frente. Ninguém reclamava. Havia espaço para todos.

Ao adentrar o recinto, o impacto é muito grande. Centenas de pessoas num espaço escuro e olhando para cima. Com 14 m de altura por 10 m de largura cada um dos painéis, e são compostos ao todo, por 28 placas de madeira compensada naval.

O painel “Guerra”, lembra um pouco Guernica de Picasso, ou as tragédias dos retirantes das secas nordestinas de antigamente. Quanto mais você olha, mais impressionado fica. Já o painel da Paz, faz com que demoremos mais olhando, em função de haver muitas expressões de nossas infâncias. Nos trás boas lembranças.

Depois dos painéis, há um momento com vídeo e pessoas que nos trazem também boas lembranças. Beatriz Segall, Milton Nascimento, Hamilton de Holanda e Ana Botafogo. Pregando a Paz...

Há também uma outra parte da exposição que também merece ser vista. São as partes dos painéis e os estudos preparatórios. Uma riqueza de paciência e pesquisa.

E a Paz predomina nos instituidores da exposição. No folder de divulgação, começamos com o Ministério das Relações Exteriores, o da Cultura e o BNDES, todos do governo federal, e concluímos com a Fundação Memorial da América Latina, o governo do Estado de São Paulo e uma lista de empresas apoiadoras.

Quem não viu, não pode deixar de ver, a paz vencendo à guerra.

Contribuição de Joel, que entende das coisas: A PAZ e a Guerra





Um comentário:

  1. Imagens no sítio http://manchete-de-ontem.blogspot.com/2011/02/portinari-mais-paz-que-guerra.html

    ResponderExcluir