terça-feira, 1 de novembro de 2011

Itaú-Unibanco lucra mais de um bilhão por mês

E dá tanto trabalho aos funcionários

Como dizia o cantor, “não dá prá ser feliz”, quando se vê o lucro líquido do Banco Itaú Unibanco e ao mesmo tempo vê tantas reclamações dos funcionários contra a forma como o banco vem tratando seus “colaboradores”.

Para os clientes, acionistas e agências de propaganda, é um bom banco, provavelmente o melhor do Brasil. Mas o Itaú já teve um bom relacionamento com seus funcionários. Não conseguimos entender o que houve com o banco. E não podem jogar os funcionários do Itaú contra os funcionários que vieram do Unibanco. Agora só existe Itaú!

O problema está é na gestão do Banco. E quem manda no banco são os diretores, comandados pela família de Roberto Setúbal e de Pedro Moreira Salles. Quando ambos querem, as coisas melhoram. Mas, quando não querem as coisas se complicam.
E pensar que o Itaú poderia ter ajudado mais na Campanha Salarial deste ano! Foram 21 dias de greve que não precisariam ter acontecidos. Quantos velhinhos e quanta gente pobre ficou sem atendimento bancária em função da má vontade dos banqueiros e da vacilação do governo.

Enfim, assim é a nossa realidade. Como disse um dono de restaurante no Centro de São Paulo: “O pior é os bancos ganham muito dinheiro e os bancários fazem greve todos os anos para melhorar o vale alimentação e manter os restaurantes. Se melhorasse o salário sem greve seria melhor.”
Nós também achamos. O problema é que os banqueiros gostam de usar nossas greves para pressionar os governos e assim aumentar ainda mais os lucros. E estatisticamente quando há greve o salário sobe mais do que quando a greve não acontece. Reforçando o “estímulo negativo”, em vez de valorizar o diálogo e a boa negociação.

Lucro do Itaú é o maior da história dos bancos brasileiros
Do UOL Economia, em São Paulo – 01nov2011.

O Itaú anunciou nesta terça-feira (1º) que teve lucro líquido de R$ 10,940 bilhões de janeiro a setembro deste ano. Com isso, obteve o maior lucro para o período na história dos bancos brasileiros de capital aberto, segundo levantamento da consultoria Economática.

O resultado superou o lucro do próprio banco registrado em 2010: R$ 9,433 bilhões. O Itaú Unibanco anunciou que fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de R$ 3,8 bilhões, o que equivale a um avanço de 25,5% em relação ao obtido em igual etapa de 2010.

No final de setembro, a carteira de crédito do Itaú Unibanco, incluindo avais e fianças, era de R$ 382,236 bilhões, um incremento de 22,8% em 12 meses.
O nível de inadimplência da carteira, medida pelo saldo de operações vencidas com prazo superior a 90 dias, foi de 4,7%, contra 4,5% no trimestre anterior e 4,2% em igual período de 2010.

As despesas da companhia com provisões para perdas esperadas com calotes somaram R$ 4,972 bilhões no trimestre, menos que os R$ 5,1 bilhões do trimestre imediatamente anterior, mas superior aos R$ 4,01 bilhões em igual etapa do ano passado.
(Com informações da Reuters)

Um comentário: