sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Janelas, Sabiás e Flores

Discretas Janelas cantadas em prosas e versos

Às cinco horas da manhã fui acordado por um cantar sonoro vindo da nossa janela. Pensei que já fosse hora de levantar, mas para minha surpresa, ainda não eram seis horas. Era só o sabiá cantando mais cedo. É sempre assim, vai chegando a primavera e os sabiás começam a cantar para atrair suas parceiras. Cantou tanto que não consegui dormir mais. É como quando se tem criança pequena, quando você menos espera sente uma mãozinha mexendo na sua cabeça. Você não sabe se fica com raiva ou se acha graça, mas acaba concordando que ela suba na sua cama para sentir o calor dos pais.

Fiquei na cama, ouvindo o sabiá e pensando nas janelas. Lembrando das músicas de Chico Buarque que sempre falam das Janelas. ”Januária na janela...”, ”a moça triste debruçou na janela e sorriu...”, e tantas outras músicas de tantos autores. Músicas falando de serenatas e de amores.

Lembrei-me também que precisava mostrar as flores do Jasmim na janela da nossa filha. Na outra casa o quintal não tinha flores, nesta casa, o quintal também era de piso com lajotas e nós mandamos tirar tudo e fazer um “jardim japonês”. Nele quem mais aparece são as Mariazinhas, por florescer o ano inteiro. Da janela da nossa filha não se vê o Corcovado, mas vê-se as flores das mariazinhas...

As flores do Jasmim...

E a lua banhando as plantas e as flores, especialmente a Jabuticabeira que começa a florir.

Na hora de sair para trabalhar, enquanto ficava na porta de casa olhando as árvores em volta, especialmente as poucas flores do Ipê Amarelo de nosso vizinho, ouvir os gritos dos periquitos, acompanhar o voar dos sanhaços, “de repente, não mais que de repente”, UM CASAL DE SABIÁS veio pousar no muro do nosso jardim! Não sei se para desculpar-se por terem me acordado mais cedo, ou para brincar comigo, como nossa filha brincava na cama, quando nos acordava mais cedo.

E pela primeira vez, os sabiás se deixaram fotografar, para comemorar o amor e os futuros filhotes...


Nenhum comentário:

Postar um comentário