domingo, 25 de junho de 2017

Humanizando São Paulo

Além das flores, turismo com sightseeing...

Vejam quem estava na frente do nosso carro na Av Dr. Arnaldo!



São Paulo tem muitas coisas boas para. Comece por conhecer os pontos históricos, depois vá às livrarias, aos parques e, se quiser gastar dinheiro, aos shoppings. Sem contar com às salas de teatros, musicas e shows.





Mas não esqueça de curtir as flores da cidade e ouvir os pássaros cantando...

sábado, 24 de junho de 2017

Os Ipês estão florindo em toda parte

Onde você estiver, deve ter um pé de Ipê

Nas ruas, nas praças, nos cemitérios...

Vejam que belo exemplar:

O grande Ipê da Praça Vicentina





As famílias trouxeram suas crianças para curtirem o sol e as flores.






E todos que passam na praça admiram a festa das famílias e o impacto das flores...


sexta-feira, 23 de junho de 2017

O governo Temer é um vexame

Internacional e Nacional

Só Deus salva o Brasil?

Deus disse: “Vai por mim, que te ajudarei”

Portanto,
quem deve salvar o Brasil é o Povo Brasileiro,
com a ajuda de Deus, é claro.


Hoje, quem constata o quanto este governo Temer é um VEXAME é o jornalista da Folha, Bernardo Mello Franco. Leia o artigo na íntegra:

Vexame internacional


Bernardo Mello Franco, Folha, 23/06/2017

BRASÍLIA - A viagem de Michel Temer à Europa produziu um vexame internacional. Enquanto o presidente passeava em Oslo, o governo da Noruega anunciou que cortará pela metade a ajuda ao Fundo Amazônia. O motivo é o fracasso do Brasil no combate ao desmatamento.

A devastação da floresta avançou 29% na última medição anual, divulgada em novembro. O país perdeu 7.989 quilômetros quadrados de mata tropical, o equivalente a sete vezes a área da cidade do Rio de Janeiro. Foi o pior resultado em oito anos.

A Noruega é a maior patrocinadora do Fundo Amazônia. Já doou R$ 2,8 bilhões para o Brasil proteger as árvores e reduzir a emissão de carbono. Isso equivale a 97% dos recursos do fundo, que também recebeu aportes da Alemanha e da Petrobras.

Às vésperas da chegada de Temer, os noruegueses repreenderam o governo brasileiro pelo desmantelamento da política ambiental. O ministro Vidar Helgesen criticou a aprovação de medidas provisórias que reduzem unidades de conservação.

A pressão internacional convenceu o presidente a vetar as MPs. No entanto, o governo prometeu aos ruralistas que vai enviar ao Congresso um projeto de lei com o mesmo teor.

Após o anúncio desta quinta, o Fundo Amazônia deve perder ao menos R$ 166 milhões em doações. "É uma decisão humilhante para os brasileiros. O país pediu dinheiro para reduzir o desmatamento, mas o que está acontecendo é o contrário", me disse Jaime Gesisky, da WWF.

O secretário-executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl, avalia que o retrocesso ainda pode se agravar. "A aliança de Temer com a bancada ruralista está saindo muito caro. O meio ambiente virou moeda de troca na negociação para barrar o impeachment", afirmou.

Em Oslo, onde desfilou com uma reluzente gravata verde, o ministro Sarney Filho foi questionado se o Brasil vai reduzir o desmatamento.
Sua resposta foi outro vexame:

"Só Deus pode garantir isso"


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Quando se perde a confiança na Justiça

Os quatro golpes e o vexame jurídico

A cada dia, o Brasil cai no ridículo. Tanto internamente,
como mundialmente. Dá até vergonha dizer que é brasileiro.

1 - Tivemos o primeiro golpe, que foi o do impeachment sob pretextos falsos que depois foram desmascarados;

2 - Veio o segundo golpe, que foi a mudança de orientação política e econômica, deixando de ser um governo desenvolvimentista e independente, para ser um governo neoliberal, entreguista, dependente dos Estados Unidos, tendo como principal gestor o PSDB;

3 - O terceiro golpe foi o que mostrou a verdadeira intenção dos golpistas. Os empresários, que pagaram aos deputados e senadores pelo golpe do impeachment, exigiram as Reformas e as Privatizações, incluindo a perda da Soberania Nacional. Os golpistas estão fazendo o Brasil retroceder a antes de 1930, acabando com a aposentadoria, o emprego permanente, as férias e o 13o. salário. Venderam o Pré-Sal a preço de banana e criaram uma lei que impede as políticas públicas como saúde, educação, transporte e segurança. Reclamavam de que o Brasil tinha 10 milhões de desempregados, mas hoje o Brasil tem mais de 14 milhões de desempregados;

4 - O quarto golpe veio com a explicitação da corrupção em todos os níveis, a começar pela presidência da República, ampliando-se para setores do funcionalismo público e até mesmo o judiciário. Ante a possibilidade e necessidade de se afastar ou destituir o presidente da República, os golpistas não querem que novas eleições diretas sejam realizadas e ainda defendem a manutenção de um presidente corrupto e desmoralizado.

Que fazer?

Quando se imaginava que a Odebrecht era o maior caso de corrupção do Brasil, surge a delação da JBS envolvendo 1829 políticos, 28 partidos políticos, dezenas de governadores e senadores. E o dono da JBS ainda declara que Temer é o principal chefe da quadrilha e que Temer e Kassab pegaram dinheiro da empresa para uso próprio. Os 500 milhões pagos pela JBS eram para campanhas eleitorais e parte deles foram repassados em notas fiscais "frias", ilegais, e outra parte em espécie, isto é, em dinheiro vivo para não ser identificado. Até juiz do STF recebeu dinheiro, através de suas empresas...

Se o presidente Temer ser denunciado como corrupto foi humilhante para os milhões de brasileiros que apoiaram a derrubada do governo Dilma, imaginem a vergonha que passaram os 51 milhões de pessoas que votaram em Aécio Neves para presidente, além do fato de ele ser presidente do PSDB e ter declarado que tinha entrado com o processo de impugnação da chapa Dilma/Temer "só para encher o saco do PT"?

Quando se imaginava que o STF fosse restabelecer a ordem no Brasil, os juízes começam a voltar atrás em suas posições e começam a soltar os presos envolvidos nos escândalos e mantiveram o presidente Temer no cargo, desacreditando o judiciário brasileiro. Não é por acaso que cresce na população o desejo de um outro golpe, desta vez um golpe militar para acabar com a baderna que tomou conta da política e do judiciário. Vivemos um verdadeiro vexame do Judiciário. Em quem acreditar? Em quem confiar?

Como alternativa aos caos político e jurídico, além de resistência ao golpe militar, cresce em todo o Brasil o clamor por Eleições Diretas Já, restabelecendo o poder ao povo brasileiro, restabelecendo o poder soberano das urnas e da Democracia direta. Junto com as Diretas Já, cresce também o clamor por Eleições Gerais para eleger novos deputados e senadores, igual foi feito na França. Por último e não menos importante, o Brasil precisa de uma NOVA CONSTITUIÇÃO.

Afinal, o Brasil merece respeito!
A Democracia deve ser para o povo e com o povo

terça-feira, 20 de junho de 2017

O Ipê e o sinal fechado

Vejam o Ipê da encruzilhada da Paulista/Consolação

Ontem o dia estava ensolarado e o sinal fechou quando eu estava na encruzilhada da Av. dr Arnaldo, com a Paulista e a Consolação. Lá está o Ipê mais bonito desta temporada.

Tirei duas fotos, enquanto o sinal estava fechado. 






Você pode:

Ou reclamar da lerdeza do trânsito,

Ou

Aproveitar o sinal fechado
Para ver a beleza das flores.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Ilegalidades e corrupção atingem o Ministério Público

A ilegalidade chega a Dallagnol. E agora?

Se houver transparência de verdade, mais ilegalidades aparecerão

Já disse a juíza Eliana Calmon, da Bahia,
que faltavam aparecer denúncias
que envolvessem o judiciário e a imprensa.

A parcialidade da Justiça brasileira já tinha ficado clara com o comportamento do juiz do Paraná, Sérgio Moro, que só quer pegar denúncias contra o PT e contra Lula.

Precisou aparecer a denúncia da JBS para mostrar que 28 partidos e 1829 políticos estão envolvidos com caixa 2 e propinas, incluindo nesta lista governadores, senadores e o próprio presidente da República, Michel Temer.

Nesta lista aparecem também funcionários do Ministério da Agricultura, Procuradores e até o juiz Gilmar Mendes, do TSE e do STF. Que tristeza!

Agora, aparece o mais moralista e maior perseguidor do PT, o procurador Deltan Dallagnol, o homem do Power Point que dizia que tudo era culpa de Lula, Dallagnol agora aparece cobrando, de forma ilegal, para fazer palestras.

Isto é proibido pela legislação.

Dallagnol usava ”clausula de confidencialidade” como forma de esconder a ilegalidade.
Mesmo que ele doasse o dinheiro para sua Igreja Evangélica, o ato de cobrar palestra é ilegal. Portanto, Dallagnol perdeu a autoridade de julgar ou condenar qualquer pessoa.

O Brasil virou um país de corruptos e mentirosos?

Por isso que defendemos que o Brasil precisa de
Eleições Gerais, Diretas Já e Nova Constituinte.


Como disse Jesus Cristo:
“Quem não tem pecado que atire a primeira pedra”.



Vejam a denúncia que saiu no site Brasil247 de hoje:


Deputados pedirão na Justiça que Dallagnol revele
clientes de suas palestras

Deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS)
apresentarão ao Conselho Nacional do Ministério Público
um pedido de informações
sobre a alegação de contrato de confidencialidade

feita pelo procurador da República Deltan Dallagnol,
coordenador da força-tarefa da Lava Jato,
para não revelar quanto cobra por palestra
e a identidade de seus clientes;

"Não existe juiz e promotor alegar cláusula de confidencialidade.
Isso não existe no serviço público", argumentou Pimenta;

após polêmica de que suas palestras custam
entre R$ 30 mil e R$ 40 mil, de acordo com o site
de uma empresa que o agencia,
Dallagnol disse estar montando
um fundo de combate à corrupção
com parte do dinheiro recebido."


domingo, 18 de junho de 2017

Ipês e Manacás da Serra embelezam São Paulo

Apesar dos políticos e dos golpistas

O custo de vida está deixando todo mundo doido.
As coisas estão caras mas a inflação está caindo.
Chegou a 4%! O milagre das planilhas...

Apesar da economia e dos políticos,
Aos poucos vai aumentando a quantidade de pés de Ipês floridos.

Na avenida Dr. Arnaldo com a Consolação e a Rebouças,
tem um lindo pé de ipê todo florido.
Está mais bonito que os da Consolação...

Os ipês do Colégio Santa Clara também já floriram,
mas este ano tem menos flores...

Para compensar a redução das flores de ipê,
os pés de Manacás da serra estão de ponta a ponta de flores.

Tentei tirar umas fotos o Parque Villa Lobos
mas tinha muitos cachorros e
não quiz atrapalhar as brincadeiras dos animais.

Talvez o frio mais intenso deste ano
tenha influenciado no desempenho das flores...